quinta-feira, 5 de junho de 2014

Braga, Maximinos, G.900 - 2ª


Casamentos
- Jose Ferreira, 27 anos, lavrador, morador rio, Gondizalves, anexa de Maximinos, filho de Costodio Ferreira e Maria Rodrigues, S. Andre de Gondizalves (casou na igreja de Gondizalves, em 18.2.1900, com Francisca Ferreira de Lima, 23 anos, natural S. Maria de Ferreiros, Braga e moradora assento, Gondizalves, filha de Antonio de Lima e Maria Thedreza de Faria, Ferreiros, T. Manoel Ferreira, esperança e Antonio Ferreira, assento, casados, ambos de Gondizalves, Padre João Baptista Rodrigues, cura)
- Jose da Silva, 22 anos, sapateiro, rua do beco, Maximinos, filho de Jose da Silva, S. Lazaro e Francisca da Silva, Maximinos (casou em 11.3.1900, com Perpetua Rosa, 23 anos, natural Real, S. Jeronimo e moradora em rua de s. sebastião, filha de Bento Ferreira, S. Pedro de Merelim e Ursula Maria, S. Jeronimo de Real, T. Francisco de Sá, casado, alfaiate, Manoel da Cunha, solteiro, agenciario, moradores rua direita, Maximinos e Manoel Ferreira, casado, proprietario, esperança, Gondizalves, celebrou o Padre João Baptista Rodrigues, coadjutor)
- Leopoldo da Costa, 21 anos, jornaleiro, natural de S. Martinho de Cedofeita, Porto e morador em tornada, Gondizalves, anexa de Maximinos, filho natural de Antonio Jose de Sousa, naturalidade ignoro e Maria Ferreira, Sequeira, Braga (casou em 19.4.1900, com Ana Maria Fernandes, 21 anos, lavradeira, natural Maximinos e morador em naia, Maximinos, Braga, filha de Antonio Jose Fernandes, Vila Nova de Muhia, Ponte da Barca e Gertrudes Maria, S. Pedro de Lomar, T. Manoel Joaquim de Castro Loureiro, casado, negociante, rua nova de Sousa, Sé, Braga e Antonio Jose Fernandes, casados, lavrador, naia, Ferreiros, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Joaquim Pereira Capela, 30 anos, criado de servir, Cerva, Ribeira de Pena, morador rua s. Vicente, S. Victor, filho natural de Ana Joaquina Capela, jornaleira, Cerva, Ribeira de Pena (casou em 30.5.1900, com Maria de Jesus da Silva, 31 anos, solteira, criada de servir, natural S. Maria de Moure, Vila Verde e moradora lugar hortas, filha de Francisco da Silva, jornaleiro, Sampaio de Lanhoso e Quiteria Dias, Moure, T. Manoel Antonio Gomes, casado, empregado publico e Jose Candido Gomes, solteiro, barbeiro, rua do souto, S. João de Souto, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Jose da Silveira, 28 anos, empregado commercial, natural S. Pedro do Monte de Farelães, Barcelos e morador rua direita, filho de Francisco Jose da Silveira, lavrador, Farelães e Maria Luisa da Costa e Sá, Cavalões, Famalicão (casou em 2.6.1900, com Ana Soares Brandão, 69 anos ‘viuva de João exposto ou João da Silva Rocha, falecido em Maximinos’, proprietaria, natural S. Martinho de Dume e moradora rua direita, filha de João Soares e Ana Duarte, Dume, T. Jose Gomes da Costa e Dª Francisca Antunes Gomes, casados, negociantes, rua direita, Manoel Ferreira, casado, proprietario, esperança, Gondizalves, celebrou o Padre João Baptista Rodrigues, coadjutor)
- Manoel Jose Dias, 27 anos, jornaleiro, natural Soutelo, Vila Verde e morador calvario, filho de Tome Dias, alfaiate e Caetana de Castro, Soutelo (casou em 13.6.1900, com Maria da Conceição, 25 anos, criada de servir, Soutelo e moradora na rua cruz de pedra, filha natural de Catarina Rosa dos Santos, jornaleira, Soutelo, T. Jose Antonio Dias da Mota, casado, negociante, calvario, Antonio Martins, viuvo, servo desta igreja, morador rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Joaquim Belo, 39 anos, solteiro, agenciario, natural de Nª Sª das Neves do Granjal, Sernancelhe, Lamego e morador falcão, Maximinos, filho natural de Maria Gertrudes, jornaleira, Granjal (casou em 27.6.1900, com Monica de Passos, 52 anos, solteira, tendeira ambulante, natural S. Romão de Vilarinho, Ajuntamiento de Cambados, Pontevedra, Reino de Espanha e moradora falcão, Maximinos, filha natural de Joana Vicente Padim, casada com Jose do Pazo, ignora naturalidade, T. Padre João Baptista Rodrigues, cura e Jose Xavier, casado, ferreiro, corrente, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Luis da Silva, 28 anos ‘viuvo de Rosa Ferreira, falecida em S. Victor’, morador em rua cruz de pedra, filho de Jose da Silva, funileiro, Maximinos e Ana Maria da Silva, Palmeira (casou em 14.7.1900, com Joana Maria, 36 anos ‘viuva de Francisco Ferreira da Silva, falecido hospital S. Marcos’, moradora penedo, Maximinos, filha de Jose Joaquim Vaz, Maximinos e Rosa Maria, Vilar das Areias, Barcelos, T. Antonio Martins, viuvo, servo desta igreja, morador rua direita, Manoel Joaquim de Magalhães, casado, servo da sé Primaz, morador no largo de S. Miguel, Padre João Baptista Rodrigues, cura)
- Sebastião Gonçalves, 38 anos, solteiro, tendeiro ambulante, natural de Pias, Monção e morador em falcão, Maximinos, filho natural de Maria Rosa exposta, jornaleira, Merufe, Monção (casou em 19.7.1900, com Maria Rosa Ferreira, 30 anos, solteira, tendeira ambulante, natural de Cavalões, Famalicão e moradora em falcão, Maximinos, filha de Manoel Ferreira, carpinteiro e Josefa Rosa, Cavalões ‘Nesta cerimonia legitimaram como verdadeiros filhos: Rosa, n. S. Marinha de Arcozelo, Ponte de Lima, 14.2.1892 e b. 2.3.1892, como filho natural de Maria Rosa Ferreira; Antonio, n. 20.2 e b. 21.3.1900, como filho ilegitimo de Sebastião Gonçalves e Maria Rosa Ferreira, que vivem na sua companhia’, T. Antonio Martins, viuvo, servo desta igreja, rua direita, Jose Xavier, casado, ferreiro, corrente, ambos Maximinos, Padre João Baptista Rodrigues, cura)
- Joaquim Rebelo, 27 anos ‘viuvo de Maria Fernandes, falecida no hospital de S. Marcos’, jornaleiro, natural de Arosa, Guimarães e morador veiga, Maximinos, filho de Antonio Rebelo, pedreiro e Francisca da Silva, Arosa (casou em 11.8.1900, com Rosa Pimenta, 24 anos, criada de servir, natural Fiscal, Amares e moradora em falcão, Maximinos, filha de Jose Pimenta, chapeleiro e Maria Jose Fernandes, Fiscal, T. Antonio Martins, servo desta igreja e Jose Manoel Mendes, Policia Municipal, ambos rua direita, Maximinos, Padre João Baptista Rodrigues, cura)
- Eduardo Pinto, 27 anos, caiador, natural de devesa, Gondizalves, anexa de S. Pedro de Maximinos, filho de Francisco Pinto, caiador e Maria de Araujo, Gondizalves (casou em 16.9.1900, com Rosa Margarida, 24 anos, natural de Sequeira, Braga e moradora em subida, Gondizalves, anexa desta, filha de Francisco Barbosa, jornaleiro, Arcos, anexa a de S. João de Nogueira e Maria Josefa Gonçalves, Sequeira, T. Antonio Martins, viuvo, servo desta igreja, rua direita, Maximinos e Francisco Pinto, casado, caiador, devesa, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio de Freitas, 44 anos ‘viuvo de Maria do Carmo Ferreira, falecida em S. Cristovão, Mondim de Basto’, negociante, natural de S. Cristovão, Mondim e morador na rua cruz de pedra, Maximinos, filho de João de Freitas, lavrador, Beade e Ana Teixeira, S. Miguel de Germes, ambos Celorico de Basto (casou em 3.10.1900, com Maria de Oliveira Gonçalves, 48 anos ‘viuva de Manoel Luis Gonçalves, falecido em S. João de Souto, Braga’, natural de Valverde, Oliveira de Azemeis, Porto e moradora na rua da pedra, Maximinos, filha de Jose Caetano da Costa e Joaquina de Oliveira, lavradores, Valverde, T. Francisco da Costa, casado, marceneiro, rua do souto, S. João do Souto e Manoel Jose Vieira Macedo, casado, ourives, rua nova de Sousa, Sé Primaz, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose da Costa Frias, 28 anos, tendeiro ambulante, natural de Sarjedas, Castelo Branco, baptizado em S. Pedro da Vila, Certã, morador em falcão, Maximinos, filho natural de Antonio da Costa, negociante, Aguiar da Beira, Viseu e Thereza de Jesus, Vila, Penedone, Guarda (casou em 18.10.1900, com Joaquina de Freitas, 30 anos, solteira, tendeira ambulante, natural e moradora em falcão, Maximinos, filha natural de Monica Passos, natural S. Romão de Vilarinho, Cambados, Pontevedra, Reino de Hespanha ‘Nesta cerimonia foram legitimados como filhos legitimos: Caetano, b. Ribeira de Santarem, Lisboa, em 19.8.1891, como filho natural de Francisco Guitarreiro e Joaquina de Freitas; Beatriz, b. S. Maria de Tomar, Lisboa, 23.10.1892, como filha natural de Francisco Guitarreiro e Joaquina de Freitas; Palmira b. Espirito Santo, aldeia Galega do Ribatejo, Lisboa, 21.9.1895, filha natural de Jose da Costa Frias e Joaquim de Freitas; Engracia, b. igreja S. Domingos, Viana do Castelo, 17.8.1900, como filha natural de Jose da Costa Frias e Joaquina de Freitas, T. Francisco Rodrigues Pinto, casado, mestre pedreiro, falcão, Maximinos e Manoel Antonio Jose da Silva Braga, casado, negociante, rua nova de Sousa, Sé Primaz, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jeronimo Fraga, 27 anos, criado de servir, Nª Sª de Oliveira, Guimarães e morador rua dos biscainhos, Sé Primaz, filho de Francisco Antonio Fraga e Francisca Rosa, jornaleiros, Oliveira (casou em 28.10.1900, com Antonia Vieira, 19 anos ‘apresentou alvará de emancipação’, covas, Maximinos, filha de Jose Francisco Barroso, Cavide, Leira, Coimbra e Julia Rosa Vieira, Maximinos, T. Manoel Antonio Boucela, casado, proprietario, boucela, Antonio Martins, viuvo, servo desta igreja, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio de Araujo, solteiro, lavrador, natural da anexa Gondizalves e morador quinteiro, filho de João de Araujo, Gondizalves e Maria Soares, S. Miguel de Prado, Vila Verde (casou com dispensa por serem parentes em 2º de consanguinidade, em 9.12.1900, com Maria Pinto, 24 anos, natural de devesa, Gondizalves, filha de Francisco Pinto e Maria de Araujo, S. Andre de Gondizalves, T. João de Araujo, casado, Jose de Araujo, solteiro, lavradores, quinteiro, Gondizalves, celebrou o Padre Joaquim Martins Pontes, cura na Sé Primaz, de minha licença)
- Adolfo Pereira Medina, 24 anos, artista, natural de Vila de Pereira, Coimbra e morador em falcão, Maximinos, filho de Jose Pereira Medina e Candida Zambuja, natural de Pereira, Coimbra (casou em 19.1.1901, com Dª Emilia da Costa Ferreira, 22 anos, proprietaria, natural de Aveleda, Braga e moradora na rua direita, filha de Manoel Jose da Costa Ferreira e Ana Diogo, Aveleda, T. Francisco da Costa Ferreira, solteiro, proprietario, rua direita, Padre Antão Jose de Oliveira, abade Maximinos, celebrou o Padre Dr. Desembargador João Nepomoceno Pimenta, vice-reitor do Seminario Conciliar, Braga)
[Dissolvido por falecimento de Emilia da Costa Ferreira, as 11H00, 30.8.1962, Paranhos, Porto, boletim 756, 4ª conservatoria do Porto]
- João Barbosa, 20 anos, jornaleiro, esperança, Gondizalves, anexa desta, filho de Antonio Barbosa da Silva ou Antonio Barbosa, Sequeira, Braga e Joana Gonçalves da Silva ou Joana da Silva, Gondizalves (casou em 21.1.1901, com Antonia Ferreira da Rocha, natural Sequeira, Braga e moradora em subida, Gondizalves, filha de Jose Ferreira da Rocha, Cabreiros e Ana Martins Alves, Sequeira, T. Inacio Joaquim Barbosa, casado, lavrador, veiga, Maximinos e Domingos Gonçalves da Silva, viuvo, jornaleiro, esperança, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de João Barbosa, em 16.4.1958, Maximinos]
- Antonio Rodrigues, 42 anos, ‘viuvo de Francisca Rodrigues, falecida em Semelhe’, lavrador, Semelhe e morador em calvario, Maximinos, filho de Antonio Rodrigues, Gondizalves, anexa desta e Antonia Correia, Parada, Braga (casou com dispensa por serem parentes em 3º e 4º de consanguinidade e 1º de afinidade licita e impedimento crime de adulterio’, em 17.2.1901, com Ana Peixoto ou Ana Rodrigues, 45 anos ‘viuva de Bento da Costa, falecido em assento, Gondizalves’, lavradeira, assento, Gondizalves, filha de Jose Peixoto, Semelhe e Maria Thereza Rodrigues, Gondizalves, T. João Rodrigues, casado, lavrador, passal, Antonio Martins, viuvo, servo desta igreja, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Bento Gonçalves, 57 anos ‘viuvo de Maria Catherina Correia, falecida, Sé Primaz’, jornaleiro, natural de Boticas, Barroso, Montalegre e morador em penedo, filho de Francisco Boticario e Joana Gonçalves, Boticas (casou em 18.3.1901, com Joaquina Rosa, 49 anos ‘viuva de Antonio Lopes, falecido no hospital S. Marcos’, natural Celeiros e moradora penedo, Maximinos, filha de Jose de Araujo, ignoro naturalidade e Antonia Maria, Celeiros, T. Jose Bernardino de Oliveira, casado, caiador, morador Praça Jeronimo Pimentel, Braga e Antonio Martins, viuvo, servo desta igreja, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Matias Jose de Lima, 26 anos, lavrador, natural S. Lazaro e morador em side, Gondizalves, anexa desta de Maximinos, filho de João de Lima, Ferreiros, Braga e Maria Thereza, S. Lazaro (casou em 19.3.1901, com Thereza Rodrigues, 22 anos, cabrita, Gondizalves, filha de Domingos Rodrigues e Francisca Rodrigues, Gondizalves, T. João de Lima, silveira, Ferreiros e Domingos Rodrigues, cabrita, Gondizalves, casados, lavradores, celebrou o Padre bacharel Rodrigo Augusto da Silva Guimarães, S. Lazaro, de minha licença)
- Antonio de Azevedo, 22 anos, soldado de Artilharia, sediado em Viana do Castelo, natural de S. Jeronimo de Real, filho de Manoel Antonio de Azevedo, Real e Thereza Ferreira, Ferreiros, Braga (casou em 31.3.1901, com Maria da Conceição, 24 anos, covas, Maximinos, filha de Costodio Rodrigues, Gondizalves e Joaquina Rosa Vieira, Maximinos, T. Francisco Antonio de Azevedo, casado, S. Barbara, S. João de Souto, Jose Antonio de Azevedo, solteiro, Real, lavradores, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)-
- Jose Lopes, 26 anos, jornaleiro, Maximinos e morador assento, Gondizalves, filho de Miguel Lopes e Costodia Maria da Cunha, Maximinos (casou com dispensa por impedimento de afinidade ilicita de 2º, em 4.4.1901, com Rosa Ferreira, 31 anos, solteira, natural rio, Gondizalves, filha de Jose Manoel da Costa e Francisca Ferreira, Gondizalves, T. Manoel Jose de Carvalho, casado, vendeiro, s. pedro, Maximinos e Antonio Ferreira, casado, jornaleiro, assento, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Francisco da Costa Ferreira, 24 anos, proprietario, S. Maria de Aveleda e morador rua direita, filho de Manoel Jose da Costa Ferreira e Ana Diogo Leite, Aveleda (casou em 20.4.1901, com Dª Matilde Marques Salgado, 15 anos, S. João de Souto, baptizada em Dume e moradora na rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Joaquim Jose Gonçalves Salgado e Dª Rosa de Carvalho Salgado, S. João de Souto, T. Antonio Alves Pinto Guimarães, negociante, largo Barão S. Martinho, S. João de Souto, Adolfo Pereira Medina, capitalista, rua D. Pedro V, S. Victor, Jose Maria da Costa, proprietario, rua do Souto, S. João do Souto, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Francisco da Costa Ferreira, em 21.8.1942]
- Antonio Pereira, 31 anos, zelador municipal ‘viuvo de Maria Luiza, falecida em Maximinos’, natural de S. João da Balança, Terras de Bouro e morador igreja, Maximinos, filho natural de Maria Pereira, Balança (casou em 2.6.1901, com Bernarda Ferreira, 22 anos, costureira, corrente, Maximinos, filha natural de Maria Luisa exposta na roda de Braga, T. Domingos de Sousa, estucador, igreja, Maximinos e João da Silva, sapateiro, rua Visconde de Pindelo, Sé Primaz, celebrou o Padre bacharel Rodrigo Augusto da Silva Guimarães, S. Lazaro, de minha licença)
[Dissolvido por falecimento de Bernada Ferreira, em 1.2.1954]
- Joaquim da Rocha, 26 anos, carpinteiro, Salvador de Castelões de Recezinhos, Penafiel e morador Bonfim, Porto, filho de Serafim da Rocha e Joaquina Maria, Recezinhos (casou em 26.6.1901, com Costodia de Jesus, 18 anos, criada de servir, Sé Primaz e moradora penedo, Maximinos, filha de Francisco Antonio Rebelo, S. Maria de Aboim, Fafe e Adelina Rosa de Jesus, S. Andre de Barcelinhos, Barcelos, T. Joaquim Antonio de Lemos, negociante, largo de S. Pedro e Manoel Jose de Faria, sapateiro, igreja, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Martins, 70 anos ‘viuvo de Maria do Rosario, falecida em Maximinos’, agenciario na rua direita, exposto na roda do Porto (casou em 2.10.1901, com Joana Maria de Carvalho, 50 anos ‘viuva de Jose Antonio Moreira, falecido em S. Ildefonso, Porto’, costureira, rua direita, Maximinos, filha de Joaquim Bernardo de Carvalho, caiador, Maximinos e Catherina de Sá Pereira, S. Pedro de Lomar, T. Manoel Antonio de Oliveira Peixoto, casado, proprietario e Manoel da Costa, casado, Policia Municipal, rua direita, Maximinos, celebrou o Padre Dr. Rodrigo Augusto da Silva Guimarães, S. Lazaro, de minha autorização)
- Jose Rodrigues, 25 anos, criado de servir, natural de Martim, Barcelos e morador em carvalhal, Semelhe, filho natural de Isabel Rodrigues, jornaleira, Martim, Barcelos (casou em 12.10.1901, com Rosa Monteiro de Araujo, 30 anos, solteira, S. Martinho de Mire de Tibães e moradora em carvalho, Gondizalves, anexa desta, filha de Manoel Monteiro de Araujo, Maximinos e Thereza Barbosa, Mire de Tibães, T. Manoel Monteiro de Araujo, jornaleiro, carvalho, Gondizalves, Antonio Martins, servo desta igreja, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento em 22.12.1951, de Jose Rodrigues, Ferreiros, Braga]
- Francisco de Sousa, 20 anos ‘tinha pai presente, que deu consentimento’, ferreiro, natural de S. Jose de S. Lazaro e morador em Tenões, filho de Antonio Jose de Sousa, Maximinos e Mariana da Costa, Palmeira (casou em Gualtar, S. Miguel, a 24.11.1901, com Maria, 22 anos, tecedeira, natural de Tenões e moradora Gualtar, filha de Jose Rodrigues Ferreira, Tenões e Rosa Maria Costeira, Adaufe, T. Manoel Joaquim dos Santos, Ana dos Santos, proprietarios, Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Julio de Oliveira Veiga, 24 anos, criado de servir, S. Vicente de Penso, morador em veiga, Maximinos, filho de Joaquim Pereira de Oliveira Veiga, Sezures, Famalicão e Joaquina de Oliveira, S. Vicente de Penso (casou em 28.11.1901, com Maria Engracia, 26 anos, Salvador de Trandeiras e moradora rua direita, Maximinos, filha de Jose Luis Ferreira, Trandeiras e Josefa Mendes, S. Martinho de Leitões, Guimarães, T. Jose Luis Fernandes de Sousa, lavrador, veiga e João Baptista Ferreira da Cruz, vendeiro, rua cabido, Sé, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Francisco Jose de Sousa, 26 anos, jornaleiro, reguengo, Semelhe, filho de Antonio Jose de Sousa, S. Victor e Francisca de Lima, Semelhe (casou em 1.12.1901, com Violanta da Conceição Araujo, 23 anos, devesa, Gondizalves, anexa desta, filha de Francisco Pinto e Maria de Araujo, Gondizalves, T. Francisco Maia, alfaiate, cabrita e Francisco Pinto, caiador, devesa, ambos Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Joaquim de Carvalho, 27 anos, lavrador, S. Adrião de Padim da Graça e morador em barral, Semelhe, filho de Francisco de Carvalho, Padim da Graça e Maria Thereza, Tibães (casou em 1.12.1901, com Francisca Rodrigues, 25 anos, side, Gondizalves, filha de Francisco Rodrigues, Gondoriz e Thereza da Costa, Martim, Barcelos, T. Jose Rodrigues, caiador e Bento Rodrigues, solteiro, lavrador, ambos side, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Francisca Rodrigues, em 3.9.1946, S. Jeronimo de Real]
- Francisco Coelho dos Santos, 27 anos, empregado commercial, S. João de Souto, morador largo do Paço, filho de Jose Joaquim Coelho dos Santos, Mire de Tibães e Dª Inacia Candida da Silva Melo Coelho, S. João de Souto (casou em 14.12.1901, com Rosa de Oliveira, 24 anos, rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Domingos Jose de Oliveira, Priscos e Gertrudes Clara exposta na roda de Braga, T. Francisco do Livramento Pereira da Maia, regente da musica do Regimento de Infantaria 9, estacionado em Lamego, Manoel Jose de Araujo, negociante, rua nova de Sousa, Sé Primaz, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Leão Ferreira da Silva, 27 anos, medico surgião, natural de S. Jeronimo de Real e morador rua da ponte, Maximinos, filho de Jose Maria Ferreira da Silva e Dª Joaquina de Sousa Coelho e Silva, S. Jeronimo de Real (casou em 16.12.1901, com Dª Elisa Peixoto de Magalhães, 30 anos, solteira, Real e morador rua da ponte, filha de Jose Peixoto de Magalhães, Panoias e Dª Catherina Candida, Recife, Pernambuco, Brasil, T. Jose Maria Ferreira da Silva, Dª Maria das Dores da Silva Duarte, Manoel Vieira da Costa Gomes e Dª Bernarda Candida Vieira Gomes, proprietarios, rua ponte, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Domingos Jose Fernandes de Sousa, 20 anos, marchante, veiga, Maximinos, filho de Jose Fernandes de Sousa, Maximinos e Engracia Maria Rodrigues, S. Martinho de Leitões, Guimarães (casou em 18.1.1902, com Maria Rosa Martins Duarte, 23 anos, goja, Frossos, filha de Domingos Duarte Goja, Frossos e Maria Thereza Martins, S. Jeronimo de Real, T. João de Araujo Castro, proprietario, estrada, Ferreiros, Braga e Padre Jeronimo Duarte Goja, goja, Semelhe, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Joaquim Jose de Araujo, 35 anos, solteiro, rua de pentieiro, Maximinos, filho de Boaventura Jose de Araujo, S. Maria dos Anjos, Valença e Rosa Maria, Sequeira, Braga (casou em 29.1.1902, com Margarida Rosa, 36 anos ‘viuva de Antonio Pereira <o Poças>, falecido no presidio civil de Luanda, Angola’, natural S. João de Souto e moradora em rua direita, Maximinos, filha de João Baptista da Silva, Sé, Braga e Antonia Maria, Sampaio, Arcos de Valdevez ‘Nesta cerimonia legitimaram como verdadeiro filho: Manoel, b. 8.10.1900, como filho natural de Margarida Rosa, que vive na sua companhia’, T. Antonio Martins, servo da igreja, rua direita, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Jose Fernandes, 23 anos, estudante, natural S. Sebastião de Ville, Caminha, morador em largo da Sé, Braga, filho de Domingos Fernandes, Refoios de Lima, Ponte de Lima e Maria Rosa Fernandes, Ville, Caminha (casou em 19.2.1902, com Dª Maria Elisa Pereira de Morais Bacelar, 23 anos, natural S. Salvador de Padreiro, Arcos de Valdevez e moradora na rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Francisco Jose Pereira de Azevedo, Pedrais, Vila Verde e Dª Herminia Amalia de Morais Bacelar, Padreiro, Arcos de Valdevez, T. João Teixeira, estudante, largo da porta nova, Sé e Francisco Jose Pereira de Azevedo, proprietario, rua cruz de pedra, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolido por falecimento de Manoel Jose Fernandes, em 22.3.1966, S. Vicente, Braga]
- Bento Rodrigues, 21 anos, caiador, side, Gondizalves, filho de Francisco Rodrigues, Gondizalves e Thereza da Costa, Martim, Barcelos (casou em 23.2.1902, com Costodia Ferreira da Rocha, 19 anos, Sequeira, Braga e moradora em subida, Gondizalves, filha de Jose Ferreira da Rocha e Ana Martins Alves, Sequeira, T. Jose Rodrigues, caiador, side e João Gomes, proprietario, tomada, ambos Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Xavier, 25 anos, alfaiate, corrente, Maximinos, filho de Jose Xavier e Maria do Rosario, Maximinos (casou em 25.2.1902, com Thereza de Azevedo, 26 anos, criada de servir, natural Sampaio de Merelim e moradora na rua da cruz da pedra, Maximinos, filha natural de Leopoldina exposta na roda de Braga, T. Joaquim Dias, casado, alfaiate, rua s. sebastião e Joaquim Xavier, solteiro, barbeiro, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio de Lima, 22 anos, lavrador, natural de Ferreiros e morador assento, Gondizalves, filho de Antonio de Lima, Ferreiros e Maria Thereza de Faria, Adaufe (casou em 2.3.1902, com Catherina Gomes, 21 anos, natural S. Maria de Sequeira e moradora em tomada, Gondizalves, filha de João Gomes, Maximinos e Maria Lourenço, Sequeira, T. Manoel Ferreira, proprietario, esperança e Antonio de Lima, cazeiro, assento, ambos Gondozir, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Joaquim de Azevedo, 33 anos ‘viuvo de Thereza Marques, falecida em Ferreiros’, caiador, morador na rua cruz de pedra, Maximinos, filho de Manoel de Azevedo, Roriz, Barcelos e Luisa Peixoto, Maximinos (casou em 6.3.1902, com Rosa Joaquina da Silva, 46 anos ‘viuva de Jose Antunes Ribeiro, falecido no hospital de S. Marcos’, natural de Priscos, Braga e moradora na rua da pedra, Maximinos, filha de Manoel Jose da Silva e Matilde Rosa de Araujo, Priscos, T. Antonio Martins, casado, servo da igreja e morador rua direita e Francisco de Azevedo, policia civil, igreja, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Pereira, 25 anos, zelador municipal, natural S. Victor e morador na rua da ponte, S. Lazaro, filho de Antonio Pereira, S. Pedro de Britelo, Celorico de Basto e Maria Joaquina da Costa Ferreira Pereira, S. Pedro de Barreiros, Amares (casou em 5.4.1902, com Maria Gonçalves, 22 anos, costureira, Sequeira e moradora na rua direita, Maximinos, filha de João Gonçalves Peleja, Vilaça e Carolina Rodrigues Ferreira, S. Pedro de Oliveira, ambas de Braga, T. Jose Manoel Mendes, zelador municipal, rua direita e Ana Pereira, oficial de diligências de direito, rua da ponte, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Jose Fernandes da Costa, 22 anos, ourives, natural S. Victor e morador Sé Primaz, filho de Manoel Jose da Costa, Maximinos e Maria dos Desamparados Fernandes, S. Victor, ambas Braga (casou com provisão do Sr. Arcebispo para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 16.4.1902, com Dª Joana da Conceição Pilar, 25 anos, proprietaria, S. Victor, filha de Antonio Fernandes Pilar, Carrazedo, Amares e Dª Maria Rita, S. Victor, Braga, T. Dª Maria Rita Ferreira Pilar, Bento Arlindo Cardoso da Silva, proprietarios, rua D. Pedro V, S. Victor, Manoel Jose da Costa, ourives e Maria dos Desamparados Fernandes, rua nova de Sousa, Sé ‘pais da contraente’, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
- Augusto Jose Pinheiro, 26 anos, pardinheiro, Dornelas, filho de Antonio Jose Pinheiro e Maria Soares, Dornelas (casou em Dornelas, S. Salvador, a 26.6.1902, com Maria Julia, 24 anos, barreo, Dornelas, filha de Antonio Jose da Silva e Rosalia de Jesus, S. Pedro de Maximinos, Braga, T. Manoel Joaquim Saraiva, carpinteiro e Bento Jose Vieira, proprietario, ambos Dornelas, Padre Severino dos Santos, abade)
- Manoel da Conceição Dias de Sousa, 22 anos, alfaiate, natural Santiago da Cividade e morador na rua s. sebastião, filho de Antonio Dias de Sousa, natural de S. Maria de Reguengo, Santo Tirso, Porto e Ana Tomazia da Conceição, Sé, Braga (casou em 26.6.1902, com Joana da Rocha, 21 anos, criada de servir, penedo, Maximinos, filha natural de Maria Thereza da Rocha, Maximinos, T. Jose Gonçalves Gandarela, solteiro, barbeiro, rua cruz de pedra e Jose da Rocha, casado, sapateiro, penedo, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Francisco Antonio de Lemos Pereira, 22 anos, tendeiro ambulante, natural S. João de Lugo, Vilamentes, Mondonedo, Galiza e morador falcão, Maximinos, filho natural de Ramona Otero Lopes, Santiago de Galiza (casou em 2.7.1902, com Rosa de Freitas, 27 anos, tendeira ambulante, natural da Sé, Braga e moradora falcão, Maximinos, filha natural de Maria das Dores, padrão, Maximinos, T. Antonio Rodrigues da Costa, tendeiro ambulante, torrente, Maximinos e Narciso Jose Fernandes, pentieiro, eduid, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Peixoto, 23 anos, carpinteiro, natural Ferreiros e morador em falcão, Maximinos, filho de Antonio Peixoto e Antonia Ferreira, Maximinos (casou com dispensa por serem parentes em 4º de atingimento ao 3º de consanguinidade, em 2.8.1902, com Rosarina dos Desamparados Peixoto, 25 anos, rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Jose Antonio Peixoto Braga e Thereza Peixoto, Maximinos, T. João de Araujo Coutinho, em pregado da camara municipal e Antonio Martins, casado, servo desta igreja, ambos rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Rodrigues, 24 anos, lavrador, quintã, Gondizalves, anexa de Maximinos, filho de Jose Rodrigues e Josefa Martins, Gondizalves (casou com dispensa por serem parentes em 3º de consanguinidade, em 16.8.1902, com Antonia da Silva Gomes, 25 anos, lavradeira, naia, Maximinos, filha de Costodio Gomes, Maximinos e Josefa da Silva, Gondizalves, T. Antonio Gomes, lavrador, naia, Maximinos e Jose Manoel Ferreira, tomada, Gondoriz, ambos casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel, 25 anos, jornaleiro, S. Victor e morador Gualtar, filho de Jose Lopes, Maximinos e Maria das Angustias, S. Victor, Braga (casou em Gualtar, S. Miguel, a 17.9.1902, com Isabel, 19 anos, ‘pai presente’, tecedeira, natural Santiago de S. Lucrecia de Algeriz e moradora Gualtar, filha de Manoel Correia, Gualtar e Ana Malheiro, S. Lucrecia de Algeriz, T. Manoel Jose Pereira Pocho, proprietario, Barros, Manoel Francisco Maria, cabreiro, estrada nova, ambos Gualtar, Padre Jose Joaquim de Carvalho, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel, em 31.7.1947, em Gualtar]
- Jose Luis Fernandes de Sousa, 34 anos ‘viuvo de Julia de Castro Sottomayor, falecida em S. Lazaro’, lavrador, morador veiga, Maximinos, filho de Jose Fernandes de Sousa, Maximinos e Engracia Maria Rodrigues, S. Martinho de Leitões, Guimarães (casou em 22.11.1902, com Francisca de Araujo Peixoto, 30 anos, solteira, natural de Gondizalves, paroquiana de Ferreiros e moradora em veiga, Maximinos, filha de Antonio Peixoto, Gondizalves e Thereza de Araujo, Maximinos, T. Jose Antonio Soares Barbosa, entalhador, rua direita e Joaquim Antonio de Lemos, negociante, largo de s. pedro, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Gonçalves de Castro, 23 anos, 2º sargento de infantaria, Maximinos e morador campo de D. Luis I, S. João de Souto, filho de Jose Gonçalves da Costa, S. Mamede de Canelas, Penafiel, Porto e Thereza de Jesus, Santiago da Cividade, Braga (casou em 24.1.1903, com Adelaide de Jesus Teixeira Durães, 20 anos, costureira, S. Lazaro e moradora na rua da cruz de pedra, Maximinos, filha de Adriano Teixeira Durães, S. Maria de Maior, vila de Barcelos e Maria Jose Fraga, S. Victor, Braga, T. João Lopes de Azevedo, tenente do corpo de administração military e Dª Maria Adelaide Lopes de Azevedo, ambos rua da cruz de pedra, Antonio Martins, servo desta igreja, rua direita, casados e de Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Gonçalves de Castro, em 16.3.1955, em Maximinos]
- Jose Gomes, 31 anos, solteiro, criado de servir, natural Dume e morador cabrita, Gondizalves, filho de João Gomes, Panoias e Carolina Pereira, Dume, ambas Braga (casou em 29.3.1903, com Maria de Jesus, 29 anos, natural de Gondizalves e moradora no penedo, Maximinos, filha de Daniel de Jesus exposto na roda de Braga e Rosa Ferreira, Frossos, Braga, T. Daniel de Jesus, penedo e João de Carvalho, orge, ambos casados de Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio de Faria, 58 anos, solteiro, agenciario, natural S. Mamede de Caldelas, Guimarães e morador na rua cruz de pedra, filho de Gaspar de Faria e Maria da Silva, naturalidade ignorada (casou em 5.4.1903, com Maria Joaquina, 47 anos, solteira, recadeira, natural de S. Martinho de Sande, Guimarães e moradora na cruz de pedra, Maximinos, filha de Domingos Jose Gonçalves e Maria Rosa, S. Martinho de Sande, T. Joaquim Jose Rodrigues Castro, corrieiro, Francisco Xavier de Paiva, sapateiro, casado, ambos da rua cruz de pedra, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Joaquim Gomes, 22 anos, natural S. Jeronimo de Real e morador abrão, Maximinos, filho de Costodio Francisco Gomes, S. João de Souto e Feliciana de Brito, Dume, ambas Braga (casou em 2.5.1903, com Thereza Marques, 22 anos, lavradeira, moradora em abrão, Maximinos, filha de Antonio Marques, Maximinos e Antonia Barbosa, S. Pedro de Lomar, T. Joaquim de Araujo Coutinho, solteiro, zelador municipal, rua do caires e Antonio Marques, casado, lavrador, abrão, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose de Lima, 24 anos, lavrador, natural de Ferreiros e morador em assento, Gondizalves, filho de Antonio de Lima, Ferreiros e Thereza de Faria, Adaufe (casou em 24.5.1903, com Maria da Conceição, 27 anos, lavradeira, natural de lugarinho, Gondizalves, filha de Jose Rodrigues e Ana de Araujo, Gondizalves, T. Antonio de Lima, assento e Jose Rodrigues, lugarinho, ambos casados, lavradores de Gondizalves, celebrou o Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Domingos Monteiro Agapito, 20 anos, guarda da estação de caminhos de ferro, natural de S. Lucrecia de Algeriz, Braga e morador na rua cruz de pedra, Maximinos, filho de Agapito Manoel, natural S. Marinha de Anais, Ponte de Lima e Thereza Monteiro, S. Lucrecia de Algeriz (casou em 28.6.1903, com Arcangela Thereza, 17 anos, larangeira, Maximinos, filha de Domingos Peixoto, S. Victor e Doroteia Rosa Ferreira, Areias de Vilar, Barcelos, T. Manoel da Costa, zelador municipal, rua direita, Maximinos e Augusto Braga, tendeiro, moador cruz de pedra, Sé, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Joaquim Alves Ferreira, 22 anos, tanoeiro, S. Maria de Esmoriz, Ovar, Porto e morador na rua do caires, filho de Manoel Alves Ferreira e Rosa de Sá, Esmoriz, Ovar (casou em 9.7.1903, com Doluvina Rosa, 21 anos, costureira, penedo, Maximinos, filha de Guilherme Jose da Silva, Maximinos e Prudencia Rosa de Jesus, S. Marta de Penaguião, Penafiel, Porto, T. Miguel Rodrigues, tanoeiro, rua direita e Sebastião Pinto Ferreira, tanoeiro, rua do caires, ambos casados, Maximinos, celebrou o Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
[Dissolvido por falecimento de Jose Joaquim Alves Ferreira, as 15H00, dia 12.4.1961, Maximinos]
- Jose Gonçalves Gandarela, 23 anos, barbeiro, rua direita, Maximinos, filho de Joaquim Gonçalves Gandarela, Maximinos e Maria da Conceição, S. Pedro de Agustem, Chaves (casou em 10.8.1903, com Rita da Conceição, 22 anos, criada de servir, S. Victor e moradora na rua do charqueiro, filha de Antonio Fernandes da Silva, Caniçada, Vieira do Minho e Ana Joaquina, Adaufe, T. João Gonçalves Gandarela, casado, sapateiro, rua cruz da pedra e Feliciano Gonçalves Moreira, solteiro, barbeiro, rua direita, ambos Maximinos, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
[Dissolvido por falecimento de Jose Gonçalves Gandarela, as 21H00, dia 2.12.1920, S. João de Souto, Braga]
- Jose Gomes, 23 anos, lavrador, naia, Maximinos, filho de Costodio Gomes, Maximinos e Josefa da Silva, Gondizalves, anexa de Maximinos (casou em 31.10.1903, com Maria Peixoto, 23 anos, casal, Gondizalves, filha de Antonio Peixoto, Gondizalves e Maria Thereza Ribeiro, Semelhe, T. Costodio Gomes, casado, lavrador, naia, Maximinos e João Peixoto, viuvo, proprietario, casal, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Maria Peixoto, em 1.7.1952, Ferreiros, Braga]
- Jose Rodrigues, 24 anos, lavrador, largo de s. pedro, Maximinos, filho de João Rodrigues, Gondizalves e Josefa Maria, Gualtar (casou em 8.11.1903, com Francisca Ferreira, 25 anos, fontainhas, Gondizalves, filha de Jose Ferreira e Rosa Rodrigues, Gondoriz, T. João Ferreira, casado, tomada e Costodio Ferreira, solteiro, fontainhas, lavradores, Gondoriz, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
[Dissolvido por falecimento de Jose Rodrigues, em 22.9.1944, Gondizalves]
- Jose Garcia, 22 anos, marchante, natural S. Martinho de Cedofeita, Porto e morador rua direita, Maximinos, filho ilegitimo de Jose Garcia, Santiago de Portelia, Orense, Galiza e Antonia de Sousa, Sé, Braga (casou em 12.11.1903, com Maria da Conceição Flores, 22 anos, Maximinos e moradora rua s. sebastão, Cividade, filha de Antonio Jose Flores, Seixas, Caminha e Ana Joaquina de Carvalho, Maximinos, T. Manoel de Faria, marchante, rua direita, Maximinos e João Baptista da Silva Lopes, proprietario, monte, Sequeira, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Garcia, as 20H00, dia 30.11.1922, em Maximinos]
- Jose Baptista da Silva, 17 anos, barbeiro, S. Lazaro e morador na rua direita, Maximinos, filho de João Baptista da Silva, Sé, Braga e Antonia Maria, S. Pedro, Arcos de Valdevez (casou em 16.11.1903, com Angela Martins, 23 anos, costureira, Santiago da Cividade e moradora rua direita, Maximinos, filha de Manoel Joaquim Martins, Santa Ana de Vimieiro e Joana da Rocha, Maximinos, ambas Braga, T. Manoel Dias Bravo, solteiro, ferreiro, Antonio Martins, casado, servo da igreja, ambos rua direita, Maximinos, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Jose Antonio Rodrigues, 22 anos, lavrador, covas, Maximinos, filho de Costodio Rodrigues, Gondizalves, anexa de Maximinos e Joaquina Rosa Vieira, Maximinos (casou em 28.11.1903, com Maria Antonia Barbosa, 24 anos, natural Esporões e moradora covas, Maximinos, filha de Antonio Jose de Carvalho, Esporões e Josefa Maria Barbosa, S. Pedro de Lomar, T. Manoel Barbosa e Costodio Rodrigues, casados, lavradores, covas, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Gomes dos Santos Junior, 22 anos, tanoeiro, natural de S. Pedro de Maceda, Ovar, Porto e morador na rua do caires, Maximinos, filho de Antonio Gomes dos Santos e Prudencia Pinto, Maceda, Ovar (casou em 30.11.1903, com Maria da Silva, 23 anos, criada de servir, S. Verissimo de Tamel, Barcelos e moradora na rua do caires, Maximinos, filha de Pedro Castanheira exposto em S. Jorge, Barcelos e Rosa da Silva, S. Eugenia do Covo, Barcelos, T. Joaquim Jose Pereira, jornaleira, casado, lugar de freitas e Joaquim Vieira da Silva, solteiro, criado de servir, ambos de S. Verissimo de Tamel, Barcelos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Antonio Gomes dos Santos Junior, em 28.2.1943]
- Manoel da Cunha, 23 anos, caiador, natural de Figueiredo, Braga e morador s. sebastião, Sé, Braga, filho de Antonio da Cunha, Sampaio de Ruilhe e Thereza de Faria, S. Pedro de Lomar (casou em 5.12.1903, com Martinha Ramualda exposta na roda de Braga, 29 anos, costureira, baptizada na Cividade e moradora na rua direita, Maximinos, T. Manoel Gonçalves, sapateiro, rua s. domingos, S. Victor e Antonio Martins, casado, servo desta igreja, rua direita, Maximinos, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- João Baptista exposto na roda de Braga, baptizado em Cividade, Braga, 22 anos, solteiro de infantaria 8, natural de S. João de Souto, morador no campo de D. Luis I, S. Victor (casou em 6.12.1903, com Emilia Maria da Conceição, 19 anos ‘com a presença da mãe que deu consentimento’, lavradeira, covas, Maximinos, filha de Jose Francisco Barroso, lavrador Carvide, Leiria e Julia Rosa Vieira, Maximinos, T. Tiago Vieira, lavrador, covas, Maximinos e Antonio Miguel Gonçalves, chapeleiro, rua s. victor o velho, S. Victor, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Antonio Gonçalves, 22 anos, carregador dos caminhos de ferro, fonte, Maximinos, filho de Francisco Gonçalves, S. Mamede de Este e Costodia Rosa Fernandes, S. Lucrecia de Algeriz, ambas Braga (casou em 2.1.1904, com Amelia exposta roda de Barcelos, baptizada em S. Miguel de Chorente, 27 anos, criada de servir, moradora em rua da boavista, Sé, Braga, T. Manoel Esteves Garcia, guarda da estação dos caminhos de ferro, monte e Antonio Martins, casado, servo desta igreja, rua da direita, ambos Maximinos, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- João Airosa, 21 anos, marchante, Santiago da Cividade e morador rua direita, Maximinos, filho de João Manoel Airosa, S. Cristina de Cobres, anexa de S. Martinho de Vila Boa, Pontevedra, Galiza e Ana Rosa, Cividade (casou em 14.1.1904, com Laura das Angustias, 23 anos, natural S. Victor e moradora rua beco, filha de Manoel Lopes Viola e Maria das Anguas, S. Victor, T. Romão Jose Lopes de Sousa Pereira e Manoel Joaquim Lopes, casados, marchantes, rua direita, Maximinos, celebrou o Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
[Dissolvido por falecimento de João Airoso, em 23.1.1948, em Santiago da Cividade]
- Antonio Mendes Ribeiro, 35 anos, solteiro, empregado commercial, natural Nª Sª de Oliveira, Guimarães e morador na rua dos capelistas, S. João de Souto, Braga, filho natural de Dª Eulalia Maria, Oliveira, Guimarães (casou em 7.2.1904, com Dª Maria da Conceição de Araujo, 29 anos, professora oficial, rua s. gregorio, Maximinos, filha de Jose Maria de Araujo, S. Miguel Destiz, Ebande, Tuy, Galiza e Dª Leopoldina Cerqueira, Cristoval, Melgaço, T. Dª Joaquina Rodrigues Barbosa, professora ajudante escola Lomar e Bento da Luz Cardoso Pereira, proprietario, rua s. marcos, Braga, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
[Dissolvido por falecimento de Antonio Mendes Ribeiro, em 19.10.1907, em Maximinos]
- Manoel Antonio da Silva, 38 anos, solteiro, pintor, rua cruz de pedra, Maximinos, filho de Antonio Joaquim da Silva, Viseu e Ana Vitoria Rosa, Vila do Conde (casou em 14.3.1904, com Ana Rosa, 53 anos ‘viuva de Vitorino Joaquim Monia ou Moreira, falecido no hospital de Mirandela, Bragança’, tendeira, S. Lazaro e moradora cruz de pedra, Maximinos, filha de Jose Antonio Pereira, NªSª de Oliveira, Guimarães e Maria de Jeus, S. Jeronimo de Real, Braga, T. Antonio Teixeira Moises, violeiro, rua s. Geraldo, Braga e Antonio Martins, casado, servo da igreja, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose da Silva, 23 anos, alfaiate, rua cruz de pedra, Maximinos, filho de Manoel Jose da Silva, S. Victor e Francisca Gonçalves, Sampaio de Parada, Braga (casou em 14.3.1904, com Rosa Ferreira, 20 anos, padeira, S. Lazaro, moradora rua da ponte, filha de João Ferreira, Palmeira e Thereza Ferreira, Gondizalves, anexa de Maximinos, T. Verissimo Antonio Ferreira, casado, pintor, rua guadelupe, S. Victor e Bento Alves de Campos, viuvo, criado de servir, rua s. joão, S. João de Souto, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Faustino Jose de Oliveira Basto, 17 anos, corrieiro, Rio Douro, Cabeceira de Basto e moradora na rua corvo, Maximinos, filho de Antonio Jose de Oliveira Basto e Graça de Campos, Rio Douro (casou em 9.4.1904, com Antonia Maria, 22 anos, covas, Maximinos, filha de Manoel Barbosa e Maria Martins Barbosa, S. Pedro de Lomar, T. Miguel Barbosa, covas, Maximinos e João Antonio de Faria, silveira, Ferreiros, ambos casados, lavradores, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Faustino Jose de Oliveira Basto, em 4.7.1939, Maximinos]
- Alvaro Augusto Gomes, 22 anos, barbeiro, Salvador de Ponte Arcada, Lanhoso e morador rua direita, Maximinos, filho de Manoel Costodio Gomes, Santiago de Lanhoso e Maria Joaquina Vieira, Priscos, Braga (casou em 11.4.1904, com Ana Albertina Ozorio, 38 anos ‘viuva de Rafael Ferreira da Silva, falecido em S. Lazaro’, natural S. Adrião de Cever, Penaguião, Lamego, morador praça municipio, Sé, Braga, filha de Simpliciano Ozorio e Ana Albertina de Sequeira Brandão, Cever, Penaguião, T. Manoel Costodio Gomes, criado de servir, rua direita e Manoel de Sousa, pinto, sapateiro, rua ddo alcaide, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Ana Albertina Ozorio, falecida as 02H00, dia 13.2.1939, em Priscos, Braga]
- Manoel de Castro, 19 anos, sapateiro, penedo, Maximinos, filho de Antonio de Castro exposto na roda de Braga e Maria das Dores, Sé, Braga (casou em 23.4.1904, com Maria Vaz, 22 anos, penedo, Maximinos, filha de Luis Antonio Vaz, Maximinos e Maria do Rosario, Semelhe, T. Manoel Jose Vieira Ramos, sapateiro, penedo e Antonio Martins, casado, servo da igreja, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Luis Jose Martins, 58 anos ‘viuvo de Maria Antonia Alves de Almeida, falecida em Parada de Barbudo, Vila Verde’, proprietario, Sampaio de Vila Verde e morador em real, Barbudo, filho de Antonio Martins, Sampaio de Vila Verde e Maria Rosa Gonçalves, Parade e Barbudo, Vila Verde (casou em 11.5.1904, com Maria Joaquina de Barros, 46 anos, solteira, proprietaria, araujo, S. Maria de Turiz, Vila Verde, filha de Antonio de Barros, Turiz e Maria Costodia da Cunha, S. Cristovão do Pico, Vila Verde, T. Manoel Gonçalves Vivas, oficial de deligências da Camara Municipal, chelos, Sampaio de Vila Verde e João Gabriel de Barros, proprietario, araujo, Turiz, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Licinio da Cunha, 26 anos, sapateiro, S. Jeronimo de Real e morador penedo, Maximinos, filho de Manoel da Cunha, Real e Maria das Maravilhas, S. Victor, ambas Braga (casou em 15.5.1904, com Maria da Graça, 23 anos, S. João de Souto e moradora penedo, Maximinos, filha de Jose Gomes Ferreira, S. Marinha de Arnoso, Famalicão e Maria das Maravilhas, S. Victor, T. Antonio Martins, casado, servo da igreja e Joaquim de Araujo Coutinho, solteiro, guarda da camara municipal, ambos da rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Casimiro Afonso de Oliveira, 22 anos, criado de servir, Salvador de Cervães, Vila Verde e morador rocio trás a sé, Sé, Braga, filho de Domingos Afonso de Oliveira, Cervães e Ana Joaquina do Rego, S. Romão da Ucha, Barcelos (casou em 15.5.1904, com Julia Rosa Pinto, 21 anos, lavrador, Palmeira, moradora rua da cruz de pedra, Maximinos, filha de Antonio Pinto, Palmeira e Maria de Oliveira, Nogueira, ambas Braga, T. João Simões, viuvo, criado de servir, rocio e Diogo Ferreira Pinheiro, solteiro, lavrador, rua cruz de pedra, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Luis Afonso, 42 anos ‘viuvo de Dª Maria de Jesus da Silva, falecida Sé, Braga’, S. Lazaro e morador rua D. Frei Caetano Brandão, Sé, Braga, filho de Antonio Jose Afonso, Fornelos, Ponte de Lima e Maria da Conceição Ferreira, S. João de Souto, Braga (casou com dispensa por serem parentes em 4º de consanguinidade, em 4.6.1904, com Dª Catherina da Silva Gonçalves, 34 anos, solteira, moradora rua da cruz de pedra, Maximinos, filha de Joaquim da Silva Gonçalves e Ana Thereza de Jesus, Maximinos, T. Viscondes de Fraião Francisco Manoel de Oliveira Carvalho e Dª Armanda Augusta Pereira Dias de Oliveira Carvalho, casados, proprietarios, rua S. Marcos, Braga, S. João de Souto e Joaquim da Silva Gonçalves e Ana Thereza de Jesus, casados, proprietarios, rua da cruz de pedra, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Gomes, 20 anos, lavrador, natural S. Martinho de Dume e morador abrão, Maximinos, filho de Costodio Francisco Gomes, S. Jeronimo de Real e Feliciana de Brito, Dume (casou em 18.6.1904, com Joaquina Marques, 20 anos, lavradeira, abrão, Maximinos, filha de Antonio Marques, Maximinos e Antonia Barbosa, Lomar, T. Joaquim de Araujo Coutinho, zelador municipal, solteiro, monte de penas e Antonio Martins, casado, servo da igreja, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Gomes, em 6.9.1944, S. Victor, Braga]
- Miguel Candido Fernandes de Magalhães, 36 anos ‘viuvo de Luis Lopes de Magalhães, falecida Sé, Braga’, exposto na roda de Braga, baptizado na Cividade, Braga, solicitador encartado, morador rua D. Frei Caetano Brandão, Sé, Braga (casou em 18.6.1904, com Dª Lidia Pereira, 19 anos, vilar, S. Victor, Braga, filha de João Baptista de Araujo Pereira, S. Victor e Dª Inez Maciel da Costa Pereira, Sé, Braga, T. Antonio Jose da Silva Gomes, negociante, viuvo, rua s. Antonio, S. João de Souto, Costodio de Araujo Pinto, professor oficial, torre, Priscos, Braga, substituido pelo Visconde de Fraião Francisco Manoel de Oliveira Carvalho, Administrador deste concelho, rua de S. Marcos, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Luis Antonio Nogueira, 25 anos, 1º sargento de Cavalaria 6, aquartelado Braga, natural de S. Vicente de Redondelo, Chaves e morador rua s. gregorio, Maximinos, filho de Manoel Antonio e Joana Rita da Pastoria ou Lopes Azevedo, Redondelo, Chaves (casou em 23.6.1904, com Dª Gracinda da Silva Matos, 27 anos, rua s. gregorio, Maximinos, filha de Joaquim Narciso da Silva Matos, Areias de Vilar e Dª Amelia Dias de Miranda Matos, Barqueiros, ambas Barcelos, T. Jose da Costa Teixeira, alferes do Regimento de Cavalaria 6, rua s. andre, S. Victor e Adolfo da Silva Matos, solteiro, rua s. gregorio, Maximinos, celebrou o Padre Alvaro de Campos Matos, Director da Oficina de S. Jose, Braga)
[Dissolvido por falecimento de Dª Gracinda da Silva Matos, em 3.9.1948, Fão, Esposende]
- Antonio Joaquim de Sousa, 25 anos, criado de servir, S. Gens de Calvos, Lanhoso e morador em rua direita, Maximinos, filho de João Antonio de Sousa e Quiteria Maria da Silva, Calvos (casou em 3.7.1904, com Rosa de Sousa, 30 anos, solteira, criada de servir, natural Cabanelas, Vila Verde e moradora na rua direita, Maximinos, filha de João de Sousa, S. Maria de Prado e Maria Rosa do Penedo ou Maria de Sousa, Salvador de Parada de Gatim, Vila Verde, T. Antonio Maria da Silva, Gregorio de Oliveira, criados de servir, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Pereira, 28 anos ‘viuvo de Maria de Jesus Ferreira Gonçalves, falecida no hospital de S. Marcos’, zelador municipal, natural de S. Victor e morador rua direita, Maximinos, filho de Antonio Pereira, S. Pedro de Britelo, Celorico de Basto e Maria Joaquina da Costa Ferreira Pereira, S. Pedro de Barreiros, Amares (casou em 24.7.1904, com Jeronima Ferreira da Conceição, 21 anos, natural S. Eulalia de Tenões e moradora em estrada velha, Gualtar, filha de Manoel Jose Ferreira, Tenões e Joana Thereza, Sobreposta, T. Francisco Pereira, zelador municipal e Jose Pinto Pereira, ferreiro, rua da ponte, S. Lazaro, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Feliciano Gonçalves Moreira, 21 anos, barbeiro, rua direita, Maximinos, filho de Antonio Luis Gonçalves Moreira, S. Maria Maior, Viana do Castelo e Luisa Ferreira da Rocha, Maximinos (casou em 17.10.1904, com Maria da Conceição da Costa, 19 anos, proprietaria, natural de Maximinos, moradora biscainhos, Sé, Braga, filha de Jose Simões, Tebosa e Mariana da Costa, Maximinos, ambas de Braga, T. Domingos da Costa, casado, pintor, largo de s. pedro e Antonio Martins, casado, servo da igreja, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose da Rocha, 24 anos, caiador, falcão, Maximinos, filho natural de Josefa Couto, Marinhas, Esposende (casou em 31.10.1904, com Adelaide Ferreira, 22 anos, costureira, veiga, Maximinos, filha de Jose Joaquim Ferreira e Rosa Marculina Ferreira, Maximinos, T. Jose Joaquim Ferreira, casado, pintor, veiga e Antonio da Rocha, casado, jornaleiro, falcão, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Gomes da Cruz, 23 anos, sapateiro, Sé e morador bairro democratico, S. Lazaro, filho de Francisco Ferreira, Cavez, Cabeceiras de Basto e Antonia Maria de Oliveira, Sé, Braga (casou em 5.11.1904, com Laurinda Maria da Silva Lopes, 21 anos, s. sebastão, Maximinos, filha de Manoel Jose da Silva Lopes, Sé e Ana da Conceição de Araujo Lopes, Maximinos, T. Francisco Ferreira, tecelão, casado, Antonio Lopes da Cruz, solteiro, bairro democrativo, S. Lazaro, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de 3.3.1934]
- Domingos da Costa, 33 anos, solteiro, lavrador, rio, Gondizalves, filho de Antonio da Costa, Gondizalves e Maria Lourenço, Semelhe (casou em 25.12.1904, com Rosa Ferreira, 28 anos, fontainhas, Gondizalves, filha de Jose Ferreira e Rosa da Silva, Gondizalves, T. João Ferreira, casado, lavrador, Domingos da Silva, viuvo, caiador, tomada, ambos Gondizalves, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Jose Maria da Torre Lopes Viana, 24 anos, escrivão das execuções fiscais neste concelho, natural de Santiago da Cividade, morador rua conselheiro Eduardo Vilaça, Sé, filho ilegitimo de Dª Maria da Conceição Lopes, Seara, Ponte de Lima (casou em 19.1.1905, com Dª Beatriz da Concição Gabriel, 20 anos, natural Bonfim, Porto e moradora Estação, filha de Francisco Gabriel, Nª Sª da Marinha Grande, Leiria e Maria da Conceição, Maximinos, T. Jaime Clemente de Morais Sarmento, escrivão da fazenda deste concelho, casado, rua do Anjo, S. João de Souto, João Gabriel, casado, empregado dos Caminhos de Ferro, Estação, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Domingos da Costa, 24 anos, proprietario, esperança, Gondizalves, filho de Jose Manoel da Costa e Francisca Ferreira, Gondizalves, anexa de Maximinos (casou em 1.2.1905, com Rosa da Silva, 27 anos, lavradeira, natural de barral, Semelhe, filha de Antonio da Silva, Lomar e Isabel Maria Gomes, Frossos, T. Francisco da Silva, lavrador, barral, Semelhe e Antonio Martins, servo da igreja, rua direita, Maximinos, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Rosa da Silva, em 3.10.1953]
- Jose da Silva e Sousa, 22 anos, 2ª sargento Infantaira, campo de D. Luis I, S. João de Souto, Braga, filho de Antonio Jose da Silva e Sousa e Maria Felisberta Ferreira, S. Victor (casou em 18.2.1905, com Elvira Marques de Oliveira, 23 anos, S. Maria dos Anjos, vila Ponte de Lima e moradora em rua direita, Maximinos, filha de Francisco Xavier Antunes de Oliveira, Souto Abade, Ponte de Lima e Maria Angelina Marqaues, S. João de Souto, Braga, T. Manoel Jose de Oliveira, solteiro, negociante, campo de D. Luis I, S. João de Souto, Francisco de Lima Antunes de Oliveira, casado, industrial, rua conselheiro Eduardo Vilaça, Sé, Alcina dos Anjos Gomes Moreira, solteira, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose da Silva e Sousa, em 25.4.1965, Sé, Braga]
- Jose Barbosa, 28 anos, natural Lomar e morador em bairro, Ferreiros, Braga, filho de Domingos Barbosa, Lomar e Antonia Marques, Maximinos (casou com dispensa por serem parentes em duplicado em 2º de consanguinidade, em 18.2.1905, com Maria Josefa Marques, 22 anos, abrão, Maximinos, filha de Antonio Marques, Maximinos e Antonia Barbosa, Lomar, T. Antonio Marques, lavrador, abrão, Antonio Martins, servo desta igreja, rua direita, casados, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Barbosa, em 21.7.1948, Maximinos]
- Manoel de Araujo Junior, 35 anos, solteiro, carpinteiro, esperança, Gondizalves, anexa de Maximinos, filho de Manoel de Araujo e Josefa Maria Correia, Gondizalves (casou em 6.3.1905, com Rosa Pimenta, 27 anos, lavradeira, natural S. Adrião de Padim da Graça e moradora em quintã, Semelhe, filha de Francisco de Carvalho, Padim da Graça e Maria Thereza, Tibães, T. Antonio Martins, servo desta igreja, rua direita, Maximinos, Antonio Jose Ferreira, lavrador, ponte pedrinha, Lomar, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel de Araujo Junior, em 7.8.1955, Gondizalves]
- Jose Barbosa Junior, 21 anos, torneiro, monte de penas, Maximinos, filho de Jose Barbosa, S. Lazaro e Maria Rita, S. Ildefonso, Porto (casou em 7.3.1905, com Marculina dos Santos, 18 anos, monte de penas, Maximinos, filha de Manoel Barroso da Costa, S. Cosme do Vale, Famalicão e Rosa Clara dos Santos, Priscos, Braga, T. Antonio Martins, servo desta igreja e Narciso Jose Fernandes, pentieiro, ambos rua direita, casados, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Antonio Soares Barbosa, 38 anos, solteiro, escultor, rua direita, Maximinos, filho de Jose Antonio Soares, Maximinos e Maria do Socorro, S. Lazaro (casou em 6.5.1905, com Julia Augusta Teixeira Durães, 21 anos, costureira, natural S. Lazaro e moradora largo do beco, Maximinos, filha de Adriano Teixeira Durães, S. Maria Maior, vila de Barcelos e Maria Jose Fraga, S. Victor ‘nesta cerimonia porfilhou: Luis Filipe, n. 6 e b. Sé 23.5.1904, como filho natural de Julia Teixeira Durães’, T. Porfirio Correia Guimarães, solteiro, empregado nas obras públicas, rua cruz de pedra, Maximinos e Manoel Ferreira, viuva, proprietario, esperança, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Rodrigues da Costa, ou Antonio da Costa Rodrigues, 57 anos ‘viuvo de Maria Rosa, S. Maria Madalena, Santo Tirso, Porto’, agenciario, morador corrente, Maximinos, filho de Eusebio da Costa Rodrigues e Ana Rosa, S. Maria Madalena, Santo Tirso (casou em 25.5.1905, com Maria de Magalhães, 56 anos, solteira, natural S. Cristina do Couto, S. Tirso e moradora em corrente, Maximinos, filha de Joaquim de Sousa Magalhães e Joaquina Moreira, S. Cristina do Couto, Santo Tirso, T. Joaquim de Araujo Coutinho, solteiro, zelador municipal da camara, Antonio Martins, casado, servo desta igreja, ambos rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Joaquim Vaz, 74 anos ‘viuvo de Rosa Joaquina, falecida, Sé, Braga’, sapateiro, penedo, Maximinos, filho de Luis Antonio Vaz, S. Victor e Luisa Thereza Maximinos (casou em 12.6.1905, com Maria Benedita exposta na roda de Guimarães, baptizada na igreja de Nª Sª de Oliveira, 52 anos, solteira, moradora rua D. Gualdim, Santiago da Cividade, T. Guilherme Vaz, Manoel de Castro, casados, sapateiros, penedo, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Correia, 22 anos, soldado do esquadrão de cavalaria, natural de S. Julião da Lage, Vila Verde e morador rua s. gregorio, Maximinos, filho de Bernardo Correia, S. Pedro de Merelim, Braga e Luisa Vieira, S. Martinho de Moure, Vila Verde (casou em 17.6.1905, com Joaquina de Oliveira, 24 anos, criada de servir, Santiago de Ateães e moradora em sobreiro, Lage, ambas Vila Verde, filha de Manoel de Magalhães, S. Julião de Freixo, Ponte de Lima e Luisa de Oliveira, Atiães, Vila Verde, T. Costodio da Costa, solteiro, louceiro, sobreiro, Lage e Antonio Martins, casado, servo desta igreja, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel João Rodrigues exposto na roda de Vila Verde e baptizado em Turiz, 24 anos, serralheiro, morador rua D. Gualdim, Santiago da Cividade (casou em 8.7.1905, com Ana Gomes, 23 anos, criada de servir, natural S. Maria de Covas, Boticas e moradora rua da cruz de pedra, Maximinos, filha de Vitor Gomes, Covas e Marta exposta na roda de Barcelos, T. Jose Pinto de Sousa, Manoel Correia Guimarães, solteiros, caixeiros, moradores rua da cruz de pedra, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel João Rodrigues, as 04H00, dia 22.6.1962, Maximinos]
- Rodesindo Lopes, 20 anos, clarim do esquadro de cavalaria 6, natural S. Maria Maior, vila de Chaves e morador rua s. gregorio, Maximinos, filho de Jose Lopes, Andriães, Vila Real e Angelina Candida, Travancas, Chaves (casou em 23.7.1905, com Maria da Conceição Alves, 18 anos ‘pai presente’, costureira, penedo, Maximinos, filha de Serafim Alves, Rossas, Vieira do Minho e Maria da Apresentação Braga, S. João de Souto, Braga, T. Jose Mendes, solteiro, cabo esquadrão de cavalaria, Guilherme Jose da Silva, casado, empregado da Adega Regional, penedo, testemunhas substituidos por Alfredo Alves, solteiro, carpinteiro, Manoel de Castro, casado, sapateiro, penedo, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Francisco Alves Ferreira, 28 anos, tanoeiro, natural S. Maria de Esmoriz, Ovar e morador em souto chão, Maximinos, filho de Manoel Alves Ferreira e Maria Dias da Silva, Esmoriz (casou com dispensa por serem parentes em 3º de consanguinidade, em 23.7.1905, com Maria Rosa, 19 anos, natural de Esmoriz e moradora no lugar de souto chão, Maximinos, filha de Manoel Fernandes Neto e Rita Pereira, Esmorim, T. Antonio Fernandes Neto, solteiro, João Alves Dias Arouca, casado, tanoeiros, ambos de souto chão, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Fernandes Neto, 45 anos ‘viuvo de Rita Pereira ou Rita Pereira Coelho, falecida em Dume’, tanoeiro, Esmoriz, Ovar, morador na adega regional, filho de Antonio Fernandes Neto e Ana da Silva, Esmoriz (casou em 13.8.1905 na igreja de Gondizalves, com Adelaide da Silva, 29 anos, natural de Mesquitela, Mangualde, Viseu, moradora em naia, Maximinos, filha natural de Maria da Silva, Mesquitela, T. Jose Rodrigues, casado, lavrador, cid e Manoel Ferreira, viuvo, proprietario, esperança, ambos Gondizalves, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Manoel Inacio da Silva, 40 anos, solteiro, pintor, natural Vilaça e morador rua direita, Maximinos, filho de Francisco Jose da Silva e Thereza da Costa, Sequeira, Braga (casou em 14.8.1905, com Felismina de Jesus, 40 anos, solteira, padeira, rua direita, Maximinos, filha de Antonio Jose Leite Nataria, Maximinos e Helena Maria, S. Julião de Passos, ambas Braga, T. Joaquim Antonio de Lemos, negociante e Inacio Pereira, sapateiro, lago de s. pedro, casados, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Joaquim de Araujo Coutinho, 37 anos, solteiro, zelador municipal, natural de S. Miguel de Carreira, Barcelos e morador rua direita, Maximinos, filho de Manoel de Araujo Coutinho, S. Miguel de Carreira e Josefa da Silva Leitões, S. Eulalia do Rio Covo, ambas Barcelos (casou em 2.9.1905, na igreja de Gondizalves, com Luzia da Costa, 30 anos, solteira, camboza, S. Miguel da Carreira, moradora rua direita, filha de Jose da Costa, S. Miguel de Carreira e Rosa de Carvalho, Sequiade, ambas Barcelos ‘Nesta cerimonia legitimaram como filhos verdadeiros: Margarida, n. 31.5.1900, Ernesto, n. 9.4.1905, baptizados em S. Miguel da Carreira, como filhos naturais de Luzia da Costa’, T. Jose Luis de Oliveira, casado, rua direita, Maximinos e Manoel Ferreira, viuvo, proprietario, esperança, Gondizalves, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Antonio Jose Carvalho, de 21 anos, serralheiro, S. Miguel de Frossos e moradora em naia, Maximinos, filho de Jose de Carvalho, caiador e Ana Rodrigues, S. Miguel de Frossos (casou em 3.9.1905, com Luisa Cardoso, 35 anos ‘viuva de Manoel Jose de Faria’, traz igreja, Maximinos, filho de Antonio Cardoso, jornaleiro, Lomar e Maria das Maravilhas, S. Victor, T. Jose Rodrigues, casado, caiador, cid e Manoel Ferreira, viuvo, proprietario, esperança, ambos Gondizalves, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Antonio Fernandes Pinheiro, 27 anos, S. Jeronimo de Real, morador na rua cruz de pedra, Maximinos, filho de Jose Fernandes Pinheiro, Real e Maria da Conceição, Dume (casou em 17.9.1905, com Antonia Vieira, 23 anos ‘viuva de Jeronimo Fraga, falecido no hospital de S. Marcos’, jornaleiro, covas, Maximinos, filha de Jose Francisco Barroso, Carvide, Leiria e Julia Rosa Vieira, Maximinos, T. Manoel Ferreira, proprietario, Antonio Barbosa, casado, jornaleira, esperança, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose de Barros Mendes de Abreu, 28 anos, advogado, natural da vila de Oliveira do Hospital, morador na avenida de boavista, Cedofeita, filho de Albano Mendes de Abreu, Oliveira do Hospital e Dª Emilia de Barros Coelho de Campos, Sé, Viseu (casou em 23.10.1905, com Dª Julia da Luz dos Santos, 24 anos, S. Lazaro e morador rua visconde de Pindela, Sé, Braga, filha de Manoel Alves dos Santos, Palmeira e Dª Maria Julia da Luz e Silva, S. Victor, T. Dr. Afonso Augusto da Costa, lente da Universidade, advogado, avenida boavista, Cedofeita, Porto, Dª Emilia de Barros Coelho de Campos, proprietaria, avenida boavista, Cedofeita, Antonio de Araujo Costa e Dª Maria Julia da Luz e Silva, proprietarios, rua visconde de Pindela, Sé, Braga, celebrou o Padre Domingos Jose Barroso Pereira, paroco da Sé, Braga)
[Dissolvido por falecimento de Jose de Barros Mendes de Abreu, as 13H30, dia 22.1.1961, S. Mamede, 7ª conservatoria de Lisboa, boletim 12]
- Jose Manoel Mendes, 41 anos ‘viuvo de Carolina Rodrigues Ferreira, falecida Maximinos’, zelador municipal, natural de Morreira e morador rua direita, Maximinos, filho de Jose Mendes, S. Clemente de Sande, Guimarães e Antonia Maria Ferreira, S. Estevão de Penso, Braga (casou em 12.11.1905, com Filomena Rosa Gomes, 31 anos, solteira, jornaleira, S. Miguel de Vilela, Lanhoso, moradora em falcão, Matosinhos, filha natural de Joaquina Gomes, Vilela, T. Miguel Rodrigues Marques, tanoeiro, rua direita, Antonio da Rocha, jornaleiro, lugar falcão, casados, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Manoel Mendes, em 26.5.1924, S. João de Souto, Braga]
- Cipriano de Oliveira, 56 anos, solteiro, mendigo, natural de Dume e morador naia, Maximinos, filho de Antonio de Oliveira e Rosa da Silva, Dume (casou em 13.11.1905, com Thereza Gonçalves, 49 anos ‘viuva de Jose Bento Gomes, falecido no hospital de Moçambique’, natural de Priscos e moradora em naia, Maximinos, filha de Manoel Gonçalves, Priscos e Rosa Gonçalves, Tadim, Braga, T. Joaquim de Araujo Coutinho, zelador municipal e Jose Barbosa, torneiro, casados, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Anton Baqueiro, 26 anos, tendeiro ambulante, natural de S. Bartolomeo da Giesta, Pontevedra, Tuy, Galiza e acidentalmente largo s, pedro, Maximinos, filho de Manoel Anton ou Manoel Anton Garcia, S. Maria de Cousa, Orense e Antonia Baqueiro ou Antonia Baqueiro Carreira, S. Bartolomeo da Giesta, Pontevedra (casou em 2.12.1905, com Margarida Ribas Castro, 25 anos, agenciario, Nª Sª dos Anjos, Lisboa e acidentalmente moradora em largo s. pedro, Maximinos, filha de Antonio Ribas Rodrigues e Maria de Castro Corton, S. Andre de Bendia, Lugo, Galiza ‘Nesta cerimonia legitimaram como filhos legitimos: Candida, n. 27.9 e b. 5.11.1904 na vila de Cartaxo, Lisboa; Francisco, n. 1 e b. 26.11.1905, Maximinos, como filhos naturais de Margarida Ribas Castro’, T. Francisco Antonio Lemos Pereira, João Belo, tendeiros ambulantes, moradores lugar falcão, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio da Costa, 53 anos ‘viuvo de Ana Fernandes de Costa, falecida Padim da Graça’, proprietario, natural de cruzeirinho, Padim da Graça, filho de Manoel Antonio da Costa, Panoias e Maria Gomes Dias, Padim da Graça (casou com licença superior, para casar nesta igreja, em 10.12.1905, com Luisa Soares, 50 anos ‘viuva de Manoel Antonio Alves, falecido em S. Romão da Ucha, Barcelos’, natural de S. Julião de Passos, Braga e moradora em Padrim da Graça, filha de João Soares, Padim da Graça e Thereza Antunes, S. Maria de Prado, Vila Verde, T. Jose Manoel Correia, cordoeiro, rua direita e Margarida Gomes, musico, monte de penas, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Antonio da Silva Braga, 28 anos, empregado da companhia de carris, natural de S. Lazaro e moradora na rua cruz de pedra, Maximinos, filho de Jose Joaquim da Silva Braga, Sé e Angelina Rosa Dias Braga, Igreja Nova, Vieira do Minho (casou em 23.12.1905, com Maria da Conceição, 24 anos, moradora cruz da pedra, Maximinos, filha de Joaquim Barbosa, Lijo e Maria Lopes, Martim, ambos Barcelos, T. Manoel da Silva Braga, agenciario, campo santa ana, S. Lazaro e Jose Francisco Tinoco, empregado da companhia carris, rua cruz de pedra, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Ribeiro, 24 anos, sapateiro, rua direita, Maximinos, filho de Antonio Ribeiro, Real e Thereza da Conceição, Salvador da Vila, Arcos de Valdevez (casou em 6.1.1906, com Maria da Gloria, 22 anos, criada de servir, natural Fiscal, Amares e moradora s. sebastião, Maximinos, filha de Jose Pimenta, Fiscal e Maria Pimenta, Gondinhaços, Vila Verde, T. Antonio Gonçalves Gandarela, sapateiro, rua crua da pedra, Antonio Jose da Silva, vendeiro, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Gomes Ferraz, 27 anos, cocheiro, S. Eulalia de Oliveira, Barcelos, morador rua cruz da pedra, Maximinos, filho de Francisco Ferraz, Oliveira e Rosa Correia Soares, S. Maria de Galegos, ambos Barcelos (casou em 17.1.1906, com Maria Joaquina de Oliveira, 22 anos, natural de Turiz, Vila Verde e moradora rua da cruz de pedra, Maximinos, filha de João Gonçalves e Rosa de Oliveira, Turiz, T. Adriano Augusto, cocheiro, rua s. Antonio das travessas, Santiago da Cividade, Rodrigo Alberto Lima, musico, rua frei Caetano Brandão, Sé, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Francisco da Costa Soares, 39 anos, solteiro, capitalista, igreja, Dume, filho de Manoel da Costa Soares, Dume e Dª Mariana da Silva Macedo, Frossos, ambas Braga (casou com licença superior para casar nesta igreja, em 3.2.1906, com Dª Maria Luisa Ribeiro da Costa, 21 anos, natural Lago, moradora rua s. andre, S. Lazaro, filha de Jose Antonio da Costa, Lago e Dª Paulina Lidia Ribeiro da Costa, Manaus, Brasil, T. Dº Mariana Peixoto Macedo Soares, viuva, proprietaria, Joaquim da Costa Soares, solteiro, capitalista, igreja, Dume, Dª Paulina Lidia Ribeiro da Costa, casado, proprietario, rua s. andre, S. Lazaro, celebrou o Padre prior Miguel Jose de Oliveira, Dume)
- Jose de Araujo, 25 anos, lavrador, subida, Gondizalves, filho de Antonio de Araujo e Maria Ferreira, Gondizalves anexa de Maximinos (casou em 4.2.1906, com Deolinda Ferreira da Rocha, 19 anos ‘consentido por conselho familia’, costureira, Sequeira e moradora subida, Gondizalves, filha de Jose Ferreira de Sousa, Cabreiros e Ana Martins Alves, Sequeira, T. Antonio de Araujo, lavrador, subida, Gondizalves, Antonio Martins, agenciario, rua direita, Maximinos, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Henrique Jose Alves, 27 anos, farmaceutico, S. João de Souto, morador rua s. victor, S. Victor, filho de Alexandre Jose Alves, S. Victor e Dª Francisca Clara dos Anjos, Vitoria, Porto (casou em 17.2.1906, com Dª Maria das Dores Gonçalves Martins, 19 anos, capitalista, rua s. margarida, S. Victor, filha de Sebastião Lourenço Martins, Sequeira e Dª Benilde Gonçalves Martins, Rio de Janeiro, Brasil, T. Manoel Lourenço de Araujo Braga, negociante, Domingos Jose de Sousa Gomes, farmaceutico, rua D. frei Caetano Brandão, Sé, Dª Francisca Clara dos Anjos, proprietaria, S. Victor, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Alvo, 41 anos ‘viuvo de Leonor Maria da Silva, falecida Cividade’, agenciario, natural capital imperial de Marrocos e baptizado na Sé, Braga, morador monte de penas, Maximinos, filho de Salomão Alvo e Rachel Alvo, naturalidade ignorada (casou em 15.3.1906, com Maria da Graça Cruz, 46 anos ‘viuva de Manoel da Cruz Braga, falecido em S. João de Souto’, natural S. Victor e moradora monte de penas, Maximinos, filha de Feliciano Jose da Cruz, S. Lazaro e Ana Joaquina, S. Victor, T. Manoel Augusto da Silva, negociante, rua nova de Sousa, Sé, Braga e Feliciano Gonçalves Moreira, barbeiro, rua direita, Maximinos, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Carlos Xavier de Morais Sarmento, 24 anos, 2º sargento Cavalaria 6, aquartelado Maximinos, natural de S. Cristovão de Douro, Sabrosa, Lamego, filho de Antonio Xavier Guedes, S. Cristovão do Douro e Emilia Sarmento Capela, Mondrões, Vila Real (casou em 21.4.1906, com Dª Emilia Cerqueira de Araujo, 29 anos, professora oficial, Maximinos, moradora em feijoal, S. Sebastião de Penso, filha de Jose Maria de Araujo e Leopoldina Sequeira, S. Martinho da Cruz, Melgaço, T. Exº Senhores Viscondes da Torre, casados, proprietarios, o o conselheiro Carlos da Cunha Pimentel da Gama Lobo, casado, recebedor deste concelho, morador campo de Santiago, Braga, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Antonio Jose da Silva, 23 anos, jornaleiro, subida, Gondizalves, filho de Antonio da Silva, Atiães, Vila Verde e Josefa da Silva, Gondoriz, anexa de Maximinos (casou em 22.4.1906, na igreja de Gondizalves, com Rosa Rodrigues, 25 anos, cabrita, Gondizalves, filha de Domingos Rodrigues e Rosa Rodrigues, Gondizalves, T. Costodio Rodrigues, solteiro, lavrador, cabrita e Manoel Ferreira, viuvo, servo da igreja Gondizalves, esperança, Gondizalves, Padre Jose Joaquim Rodrigues, coadjutor)
- Antonio Augusto Lopes, 56 anos, ‘viuvo de Ana Joaquina Vasconcelos Lopes, falecida em Caminha’, empregado caminhos ferro do Minho e Douro, natural da Sé, Bragança e morador na rua avelino, Maximinos, filho de Jose Lopes dos Santos, Sé, Bragança e Felisbina Rosa de Leon, S. Maria de Bragança (casou em 28.4.1906, com Ana da Costa, 40 anos, solteira, natural S. Martinho de Leão, Espanha e moradora rua avelino, Maximinos, filha de Baltazar da Costa, Vila Nova de Cerveira e Antonia Candinõsa, S. Martinho de Leão, Espanha ‘Nesta cerimonia legitimou os filhos execepto o primeiro por duvidas, como filhos verdadeiros: Antonio, n. 12.6 e b. 11.7.1890; Maria, n. 22.2.1893, b. 9.7.1894; Eduardo, n. 22.12.1895, b. 6.6.1698; Costodio, n. 3.8.1897 e b. 6.8.1698; Candida, n. 25.8.1893 e b. 6.6.1698; Candido, n. 30.8.1900 e b. 26.4.1902; Inez, n., 25.11.1901 e b. 26.4.1902; Horacio, n. 1.6 e b. 15.12.1903; Jose, n. 31 e b. 31.1.1905, T. Augusto de Matos, casado, negociante, estação, Candido Augusto Braga Ramalhete, solteiro, estudante, Dª Maria da Luz de Sousa Braga, viuvo, proprietario, rua nova de sousa, Sé, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Manoel Rodrigues, 23 anos, lavrador, natural de Gondizalves e morador em naia, Maximinos, filho de Jose Rodrigues e Josefa Martins, Gondizalves, anexa de Maximinos (casou na igreja de Gondizalves, com dispensa por serem parentes em 3º igual de consanguinidade, em 5.5.1906, com Maria Thereza Gomes, 23 anos, naia, Maximinos, filha de Costodio Gomes, Maximinos e Josefa da Silva, Gondoriz, T. Jose Maria Fernandes, João Rodrigues, casados, lavradores, bouça, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de João Manoel Rodrigues, em 21.9.1970]
- Jeremias Pereira Ferraz, 32 anos, solteiro, marchante, natural Sandre, Rio Douro, Cabeceiras de Basto e morador rua corvo, Maximinos, filho legitimado de Lino Pereira Ferraz e Florinda de Oliveira, Rio Douro, Cabeceiras de Basto (casou em 17.5.1906, com Rosa Gomes Cavalheira, 33 anos, solteira, Real, moradora rua da ponte, filha de Manoel Gomes e Francisca Thereza, S. Jeronimo de Real, T. Antonio Jose de Oliveira Bastos, casado, vendeiro, rua do corvo, Manoel Barbosa, casado, lavrador, covas, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- #João Simões da Cunha, 26 anos, empregado dos caminhos de ferro do Minho e Douro, n. e b. em Barcelinhos, Barcelos, morador na rua s. gregório, Maximinos, filho de Bernardo Jose Simões e Thereza Joaquina das Dores, Barcelinhos (casou em 3.6.1906, com #Luziária Costodia, 29 anos, natural S. Eulalia de Fermentões e moradora rua s. gregorio, Maximinos, filha de Jose Francisco, S. João da Ponte e Genoveva Rosa, Fermentões, ambas de Guimarães ‘Nesta cerimónia legitimou como verdadeira filha: Amélia, n. 20 e b. 24.1.1905, na igreja de S. Maria Maior, vila de Barcelos, como filha natural de Luziaria Costodia’, T. Francisco Jose de Miranda, casado, lavrador, bajão, Arcozelo, Barcelos, Afonso Ernesto de Carvalho Guimarães, solteiro, empregado dos caminhos de ferro do Minho e Douro, lugar estação, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de João Simões da Cunha, as 09H30, dia 7.1.1921, em 19.9.1961, boletim 338, Guimarães e 339, Barcelos e boletim 87, de legitimação, Barcelos]
- Francisco Fernandes da Silva Braga, 28 anos, negociante, Sampaio de Merelim e morador na rua conselheiro Eduardo Vilaça, Sé, Braga, filho de Francisco Fernandes e Maria Thereza Gomes, Sampaio de Merelim (casou com autorização superior nesta igreja, em 9.6.1906, com Dª Elisa do Loreto Guimarães Nogueira, 22 anos, rua Rodrigues de Carvalho, S. João de Souto, filha de Antonio Jose Gonçalves Nogueira, Moreira, Monção e Dª Rosa da Conceição Guimarães Nogueira, S. Lazaro. T. Alfredo Ferreira Dias, capitalista, rua s. victor, S. Victor, Antonio Jose Gonçalves Nogueira, Dª Rosa da Conceição Guimarães Nogueira, ambos proprietarios, rua Rodrigues Carvalho, S. João de Souto, celebrou o Padre Jose do Egipto Vieira, abade de S. João de Souto, com autorização)
- Manoel da Silva ou Manoel Ferreira da Silva, 20 anos, caiador, abrão, Maximinos, filho de Francisco Jose da Silva, Sampaio do Pico, Vila Verde e Maria Lucia Ferreira, Maximinos (casou na igreja de Gondizalves, em 17.6.1906, com Mariana Rosa Pimenta, 19 anos, hortas, Maximinos, filha de Antonio Pimenta, S. Victor e Francisca de Araujo, S. Eulalia de Gondinhaços, Vila Verde, T. Manoel Ferreira, proprietario, servo da igreja Gondizalves, esperança, Jeronimo da Silva, jornaleiro, esperança, Gondizalves, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
- Joaquim Alves Reis, 22 anos, Sampaio de Parada, Braga, morador cabrita, Gondizalves, filho de Jose Alves Reis, Oleiros e Josefa Alves, Cervães, ambas Vila Verde (casou em 17.6.1906, com Francisca Rodrigues, 22 anos, cid, Gondizalves, filha de João Rodrigues, Gondizalves e Maria Rodrigues, Semelhe, T. Manoel Rodrigues, casado, lavrador, cid, Gondizalves e Padre Jose Evaristo Gomes, largo s. pedro, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Joaquim Alves Reis, as 05H00, dia 26.11.1940, Gondizalves, em 12.9.1960]
- Domingos Ferreira da Silva, 30 anos, padeiro, natural de vilar, Ferreiros, Braga, filho de Manoel Ferreira da Silva, Ferreiros e Francisca da Silva, Lomar (casou em 8.7.1906, com Candida Emilia Fernandes Braga, 18 anos, natural Frossos e moradora penedo, Maximinos, filha de Luis Fernandes, Maximinos e Luisa Duarte, Panoias, T. Manoel Ferreira da Silva, casado, vilar, Ferreiros e João Pinto, viuvo, penedo, Maximinos, lavradores, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Martins, 41 anos, solteiro, lavrador, cela, Salvador de Valdreu, filho de Antonio Martins, Valdreu e Maria Thereza de Araujo, S. Miguel de Paçô, ambas Vila Verde (casou com autorização superior para casar nesta igreja, em 16.8.1906, com Maria de Jesus Soares Nogueira, 25 anos, natural outeiro, S. Eulalia de Gondinhaços, Vila Verde, filha de João Soares Nogueira e Delfina Rosa Barros, Gondinhaços, Vila Verde, T. Padre Damião Martins, Alfredo Martins, Valdreu, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Martins, em 4.4.1938, de 9.9.1970]
- João Antonio de Faria, 51 anos ‘viuvo de Francisca Barbosa, falecida em Ferreiros, Braga’, jornaleiro, natural Lomar e morador penedo, Maximinos, filho de Antonio Jose de Faria, Lomar e Francisca Ferreira, Gondizalves, anexa de Maximinos (casou em 20.8.1906, com Luisa Maria Vaz, 49 anos ‘viuva de Jose Saraiva, falecida nesta’, natural de penedo, Maximinos, filha de Luis Antonio Vaz, S. Victor e Libania Joaquina, Atiães, Vila Verde, T. Guilherme Vaz, sapateiro, penedo e Jose Antonio de Oliveira, carpinteiro, falcão, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Antonio Rodrigues de Carvalho, 23 anos, professor do ensino livre, natural de igreja, Salvador de Nogueiro, filho de Antonio Jose Lopes de Carvalho, Tenões e Ana Maria Rodrigues, Nogueiró (casou em 2.9.1906, com Erminda Julia da Silva Carvalho, 24 anos, costureira, S. Lazaro e moradora na rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Francisco Jose Ribeiro, Sampaio, Guimarães e Maria Jose da Silva, S. Lazaro, T. Manoel Antonio da Silva, casado, tendeiro, rua cruz de pedra, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Assento transcrito no ano de 1914]
- Bernardo de Araujo e Sá, 50 anos, viuvo ‘Dª Engracia de Jesus da Silva, falecida S. Lazaro’, proprietario, natural via cova, Lamaçães, filho de Antonio Fernandes de Araujo, Lamaçães e Margarida Rosa de Araujo, Santiago de Fraião, ambas Braga (casou em 12.9.1906, com Dª Maria Pulcheria Fernandes da Silva, 39 anos, solteira, treseite, Celeiros, filha de Daniel Jose Fernandes da Silva, Sé, Bahia, Brasil e Maria Ermelinda da Cruz Faria, S. Lazaro, T. Antonio Francisco de Araujo, proprietario, bom real, Lamaçães e Padre Antonio Jose Rodrigues, paroco de Figueiredo, Braga, celebrou o Padre Antonio Jose Tareira, abade de Lamaçães)
- Costodio Ferreira, 24 anos, fontainhas, Gondizalves, filho de Jose Ferreira e Rosa da Silva, Gondizalves (casou na igreja de Gondizalves, em 6.10.1906, com Maria da Cunha, 23 anos, criada de servir, monte, S. Maria de Sequeira, filha de Manoel da Cunha exposto na roda de Braga e Josefa de Jesus, Pousa, Barcelos, T. Jose Ferreira, casado, lavrador, fontainhas, Manoel Ferreira, viuvo, proprietario, esperança, ambos Gondizalves, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
[Dissolvido por falecimento de Maria da Cunha, em 17.12.1958, Ferreiros, Braga]
- Manoel Gomes, 28 anos, musico, natural Aveleda, morador monte de penas, Maximinos, filho de Antonio Joaquim Gomes, Aveleda e Margarida da Casa Nova, Celeiros (casou na igreja de Gondizalves, em 24.10.1906, com Dª Rosa Candida Alves Vieira, 40 anos, solteira, rua de s. sebastião, Sé, Braga, filha de Antonio Joaquim Vieira, Gualtar e Dª Maria de Assumpção Alves Vieira, Sé, T. Antonio Joaquim Gomes, casado, monte de penas, Maximinos, Manoel Ferreira, viuvo, esperança, Gondizalves, ambos proprietarios, Padre Jose Joaquim de Oliveira, coadjutor)
[Dissolvido por falecimento de Dª Rosa Candida Alves Vieira, as 07H00, dia 16.7.1963, Maximinos]
- Manoel Macieira, 17 anos, sapateiro, rua cruz da pedra, Maximinos, filho de Manoel Macieira e Rita de Jesus, Valdigem, Lamego (casou em 28.10.1906, com Virgilia de Castro, 28 anos, costureira, rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Manoel Jose de Sousa, Santa Ana de Vimieiro, Braga e Emilia Rosa de Castro, Paderne, Melgaço, T. Jose Domingues, casado, agenciario, rua crua de pedra, Maximinos, Manoel Pereira Veloso, estucador, solteiro, morador praça do Barão de S. Joaquim, Sé, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Aurelio Bento Gonçalves, 20 anos, alfaiate, natural Sé e morador rua do beco, Maximinos, filho natural de Olivia Ramos, viuva, natural Tebosa, Braga (casou em 12.11.1906, com Maria da Gloria Xavier, 20 anos, natural S. João de Souto e moradora em rua direita, Maximinos, filha perfilhada de Antonio Xavier, Maximinos e Ana Maria Celeste de Jesus Carvalho, S. Martinho de Arco de Baulhe, Cabeceiras de Basto, T. Jose Gonçalves Dias, casado, sapateiro, rua do beco, Joaquim Xavier, solteiro, barbeiro, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Pereira Veloso, 19 anos, estucador, natural S. Miguel de Frossos, morador no lgar do Senhor da Cruz, Sé, filho de Jose Antonio Pereira da Silva, Lomar e Maria Veloso, Frossos (casou em 27.1.1907, com Justina Rosa, 21 anos, natural Sé, Braga e moradora rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Francisco Rodrigues e Rita de Jesus, Valdigem, Lamego, T. Miguel Pereira Veloso, estucador, cruzeiro, Frossos e Antonio Rasqueija, negociante, campo D. Luis I, S. João de Souto, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose de Castro, 20 anos, sapateiro, penedo, Maximinos, filho de Antonio de Castro exposto na roda de Braga e Maria das Dores Ramos, Maximinos (casou em 27.1.1907, com Thereza Maria Saraiva, 20 anos, penedo, Maximinos, filho de Jose Saraiva, Nª Sª dos Anjos, Ponte de Lima e Luisa Maria Vaz, Maximinos, T. Guilherme Vaz, sapateiro, João Antonio de Faria, carpinteiro, casados, ambos penedo, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Thereza Maria Saraiva, em 13.10.1966, S. João de Souto, Braga]
- Manoel Rodrigues ‘Larangeira’, 21 anos, alfaiate, natural S. Victor e morador em rua direita, Maximinos, filho de Antonio Manoel Baixo e Doroteia da Silva, Palmeira (casou em 21.3.1878, com Maria das Angustias Mota, 21 anos, natural S. Victor, filha de Manoel Jose da Silva Mota e Costodia Maria Pimenta, S. Victor, T. Inacio Ferreira Braga, oficial de diligencias no juizo de direito desta comarca, Maria da Mota, casada, Braga, Padre Domingos Jose Barroso Pereira, coadjutor, ‘Por ordem do Ex. Senhor Arcebispo por sentença de 28.1.1907, Padre Antão Jose de Oliveira, abade, 29.1.1907)
- Artur de Lemos, 28 anos, ferrador, natural de Nª Sª Assumpção de Castanheiro, Pesqueira, Lamego e morador em rua s. Vicente, S. Lazaro, filho de Manoel de Lemos e Barbara do Nascimento, Castanheiro, Pesqueira (casou em 9.2.1907, com Antonia Marques, 34 anos, proprietaria, falcão, Maximinos, filha de Jose Pinto e Thereza Marques, Maximinos, T. Tiago Vieira, lavrador, corrente, Joaquim Barbosa de Araujo Reis, serralheiro, casados, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio dos Santos, 39 anos ‘viuvo de Ana do Carmo, falecida em S. Genesio da Insua, Pedralva do Castelo, Viseu’, jornaleiro, natura de Insua e morador em naia, Maximinos, filho de Jose dos Santos e Eufemia Lopes, Insua (casou em 9.2.1907, com Francisca de Araujo Peixoto, 35 anos ‘viuva de Jose Luis Fernandes de Sousa, falecido Maximinos’, jornaleiro, Gondizalves, morador naia, Maximinos, filha de Antonio Peixoto e Thereza de Araujo, Gondoriz, T. Gaspar Pereira, solteiro, lavrador, naia, Jose Rodrigues, dourador, casado, rua D. Gualdim, Santiago da Cividade, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Augusto Meireles, 21 anos, empregado comercial, natural de Lavandeira, Carrazedo de Anciães, Bragança, morador rua direita, Maximinos, filho de Augusto Meireles e Maria da Conceição Loureiro, Lavandeira (casou em 16.3.1907, com Maria Antonia da Silva, 29 anos, padeira, Parada e Barbudo, Vila Verde, moradora rua direita, Maximinos, filha de Jose da Silva e Thereza da Silva, Barbudo, Vila Verde, T. Albino Luis Gomes Moreira, casado, proprietario, rua direita, Padre Jose Evaristo Gomes, professor particular, largo s. pedro, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Maria Varela, 30 anos, solteiro, marchante, natural Nª Sª da Assumpção, Caminha, morador rua direita, Maximinos, filho de Tomaz de Aquino Varela e Agueda Maria Flores, Caminha (casou em 22.3.1907, com Thereza de Jesus, 27 anos, criada de servir, S. Victor, morador rua direita, Maximinos, filha natural de Ana Joaquina, S. Lucrecia de Algeriz, Braga, T. João Airosa, solteiro, marchante, rua direita, Maximinos e Jose Rodrigues, casado, dourador, rua D. Gualdim, Sé, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Rodrigues Baptista, 27 anos, tenente infantaria 8, Braga, natural Santiago de Lisboa, morador campo D. Luis I, S. João de Souto, Braga, filho de João Jose Rodrigues Baptista, Funchal, Madeira e Dª Elvira Rosa de Lima, Mercês, Lisboa (casou em 8.6.1907, com Dª Adelaide Miranda da Silva Matos, 23 anos, rua s. gregorio, Maximinos, filha de Joaquim Narciso da Silva Matos, Areias de Vilar e Dª Amalia Dias de Miranda Matos, Barqueiros, ambas Barcelos, T. Alberto da Silva Matos, solteiro, alferes, RI8, rua s. gregorio, Dª Beatriz Gomes Lopes Viana, casada, estação, ambos Maximinos, representantes de Aires Ferreira de Sousa, casado, capitão tenente da Armada Real, rua Marques da Silva, Arroios, Lisboa, Dª Adelina Rodrigues, solteira, rua s. bernardo, Estrela, Lisboa, celebrou o Padre Alvaro de Matos, Director Oficinas de S. Jose, Braga)
[Dissolvido por falecimento de João Rodrigues Baptista, as 19H00, dia 26.6.1961, em Maximinos]
- Antonio Luis de Azevedo, 41 anos ‘viuvo de Dª Ana Braga de Azevedo, falecida em Berbes, 2º Distrito de Muluti, Brasil’, capitalista, Guilhadezes, Arcos de Valdevez e morador rua dos chãos, S. João do Souto, Braga, filho de Jose Luis de Azevedo, Guilhadezes e Dª Maria da Conceição, Tabaçô, Arcos de Valdevez (casou com autorização superior, para casar nesta igreja, em 8.6.1907, com Dª Elisa Amelia Ferreira Sampaio, 30 anos, solteira, Mosteiro de S. João de Vieira, Vieira do Minho e moradora rua s. vitor, S. Victor, filha de Jose Luis Ferreira Sampaio, S. Gens de Calvos e Dª Claudina Rosa da Silva Sampaio, S. Pedro de Serzedelo, ambas de Lanhoso, T. João Antonio de Oliveira, casado, negociante, Dr. Jose Portugal Fernandes, solteiro, advogado, rua dos chãos, S. João de Souto, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Antonio Luis de Azevedo, as 05H00, dia 25.12.1935, Bonfim, 1ª conservatoria do Porto, boletim 63, de 11.4.1962]
- Jose Joaquim Soares de Freitas, 37 anos, solteiro, comerciante, S. Estevão de Geraz, Lanhoso, morador em rua s. victor, S. Victor, filho de Jose Maria Soares, Geraz e Maria Rosa, S. Martinho de Ferreiros, Lanhoso (casou com autorização superior, para casar nesta igreja, com dispensa por serem parentes em 2ª de igual consanguinidade, em 8.8.1907, com Adelaide de Jesus Freitas, 24 anos, Santiago de Lanhoso, moradora em pinheiro, S. Estevão de Geraz, filha de Manoel Jose de Freitas e Maria Angelina de Barros Freitas, ambos S. Estevão de Geraz, Lanhoso, T. Jose Maria de Freitas, Alfredo Ferreira Dias, casados, capitalistas, rua s. victor, S. Victor, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Americo Mais, 21 anos, sapateiro, penedo, Maximinos, filho de Domingos Antonio Mais, S. Pedro de Bordões, Pontevedra, Galiza e Francisca Rosa Vieira, Maximinos (casou em 21.10.1907, com Carlota Lopes, 29 anos, jornaleira, Celeiros, moradora penedo, Maximinos, filha de Antonio Lopes, Gondizalves, anexa de Maximinos e Joaquina Maria, Celeiros, T. Jose Francisco, casado, lavraodr, lugar das hortas, Jose Lopes, solteiro, criado de servir, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Joaquim Xavier, 25 anos, barbeiro, rua direita, Maximinos, filho de Joaquim Xavier e Thereza de Jesus, Maximinos (casou com dispensa por serem parentes em 2º de igual consanguinidade, em 28.10.1907, com Maria da Conceição, 24 anos, rua direita, Maximinos, filha natural de Ana Maria Celeste de Jesus Carvalho, S. Martinho de Arco de Baulhe, Cabeceiras de Basto e perfilhada por Antonio Xavier, Maximinos, T. Joaquim Antonio Lemos, casado, negociante, largo s. pedro e Domingos Xavier, solteiro, pintor, corrente, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Costodio Pinto, 26 anos, negociante, natural S. Victor, Braga, filho de Boaventura Pinto, Semelhe e Thereza de Jesus, Maximinos, S. Pedro, ambas de Braga (casou em Pousada, Sampaio a 9.11.1907, com Maria de Oliveira, 23 anos, Pousada, filha de Antonio Jose de Oliveira, Crespos e Ana de Jesus Lopes, Pousada, proprietarios, T. João Gonçalves, Domingos de Oliveira, solteiro, ambos Pousada, celebrou o Padre Albino Jose Alves Dias, paroco de Moure, S. Maria, de minha autorização por escrito, o Padre Manoel Jose de Carvalho, abade)
- Luis Gonzaga Cardoso de Menezes, 31 anos, solteira, tenente de infantaria, natural de S. João Baptista de Vila do Conde, morador em S. Maria Maior, vila de Barcelos e de presente na rua direita, Maximinos, filho de Jose de Azevedo Menezes Cardoso Barreto, S. Adrião, Famalicão e Dª Maria Julia do Patrocinio Falcão de Azevedo Pinheiro de Menezes, Santiago da Cividade, Braga (casou com autorização para o fazer nesta igreja, em 25.11.1907, com Dª Maria dos Prazeres Teixeira de Sousa e Silva Alcoforado, 27 anos, proprietaria, S. Pedro Évora, moradora rua conselheiro Januario, S. Victor, Braga, filha de Gaspar Teixeira de Sousa de Magalhães Lacerda, S. Sebastião, Guimarães e Dª Maria Josefa de Menezes Brito do Rio Teixeira de Sousa, S. Mateos da Calheta, Ilha Terceira, Angra do Heroismo, Açores, T. Jose de Azevedo Menezes Cardoso Barreto, casado, proprietario, casa do vinhal, S. Adrião, Famalicão, Jose Augusto Teixeira Sousa e Silva Alcoforado, solteiro, proprietario, no passeio de s. lázaro, S. Ildefonso, Porto, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Tiago da Cruz, 26 anos, tendeiro, S. Maria Estela, Povoa de Varzim, morador rua direita, Maximinos, filho natural de Maria de Oliveira, S. Pedro de Esmoriz, Famalicão (casou em 21.12.1907, com Engracia Maria Passos, 33 anos, solteira, tendeira, monte de penas, Maximinos, filha natural de Maria das Dores ou Monica Passos, Paranhos, Porto, T. Manoel Fernandes, viuvo, esperança, Gondizalves, sacristão da igreja, Jorge Joaquim Vieira Marques, casado, vendeiro, rua ponte, S. Lazaro, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Engracia Maria Passos, em 11.1.1955, S. João de Souto, Braga]
- Manoel Gomes, 22 anos, agenciario, natural de Crespos e morador naia, Maximinos, filho de Jose Gomes, Crespos e Maria Jose Pereira, naturalidade ignorada (casou em 30.4.1908, com Maria Ferreira Moutinho, 26 anos, jornaleira, Aveleda, moradora naia, Maximinos, filha de Manoel Ferreira, Tarouca, Lamego e Thereza Maria, Ferreiros, Braga, T. Jose Rodrigues, dourador, rua D. Gualdim, Santiago da Cividade e Jose Teixeira Pinto, major reformado, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Costodio Jose da Rocha, 23 anos, soldado de infantaria, rua direita, Maximinos, filho de Jose da Rocha e Thereza de Jesus da Rocha, Maximinos (casou em 18.5.1908, com Julia da Conceição, 23 anos, Santiago da Cividade e moradora na rua do beco, Maximinos, filha de Antonio Ribeiro, S. Jeronimo de Real e Thereza da Conceição, naturalidade que se ignora, T. Alvaro Alfredo, sapateiro, rua Gabriel Pereira de Castro, S. Victor, Joaquim Jacome da Cunha Veiga, proprietario, cabrainha, Lomar, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Costodio Jose da Rocha, em 11.2.1948, em Maximinos]
- Jose Ferreira, 25 anos, 25 anos, lavrador, vila nova, S. João de Nogueira, filho de Narciso Ferreira e Rosa Maria Pereira, Nogueira (casou em 23.5.1908, com Rosa Ferreira, 21 anos, natural de Ferreiros, Braga e moradora quinteiro, Gondizalves, anexa de Maximinos, filha de Francisco Ferreira e Augusta Rosa, Ferreiros, T. João de Oliveira, negociante, rua direita, Maximinos, Narciso Ferreira, lavrador, vila nova, Nogueira, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Ferreira, em 2.6.1967]
- Antonio Joaquim da Silva, 19 anos ‘mãe presente que deu consentimento’, sapateiro, S. Martinho de Monsul, Lanhoso e morador rua avelino, Maximinos, filho natural de Maria Rosa da Silva, Aguas Santas, Lanhoso (casou em 20.6.1908, com Carolina Rodrigues Ferreira, 19 anos ‘pai presente’, costureira, Sequeira, Braga, moradora rua direita, Maximinos, filha de Manoel Pereira, Vilaça e Matilde Rosa Ferreira, S. Pedro de Oliveira, ambas Braga, T. Jose Manoel Mendes, zelador municipal, casado, monte de penas, Maximinos e Antonio Pereira, solteiro, musico military, campo D. Luis I, S. João de Souto, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Torcato de Oliveira do Rego, 31 anos, solteiro, criado de servir, natural S. Mamede de Sezures, Famalicão, morador cabrita, Gondizalves, filho de Manoel Joaquim do Rego e Costodia Marques de Oliveira, Sezures, Famalicão (casou em 2.7.1908, com Maria Rosa Vieira, 24 anos, criada de servir, Maximinos e moradora em cabrita, Gondizalves, filha de Antonio Joaquim de Azevedo, Madalena, Barcelos e Maria Rosa Vieira, Maximinos, T. Avelino Barbosa de Oliveira, solteiro, empregado commercial e Manoel Jose Loureiro, casado, negociante, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Vicente da Silva Duarte, 25 anos, criado de servir, Caleiros, morador s. tecla, S. Victor, filho de Manoel da Silva e Luisa Duarte, Celeiros (casou em 5.9.1908, com Maria da Conceição Rodrigues, 23 anos, lavradeira, abexim, Maximinos, filha de Jose Rodrigues, Telhado, Famalicão e Luis Thereza, Gondizalves, anexa de Maximinos, T. Jose Rodrigues, lavrador, casado, abexim e Jose Barbosa, jornaleiro, veiga, ambos Maximinos, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Maria da Conceição Rodrigues, em 3.5.1955, Maximinos]
- Francisco Jose Gonçalves Dias, 22 anos, lavrador, outeiro, S. Miguel de Carreira, Barcelos, filho de Manoel Jose Gonçalves Dias e Thereza da Costa Leitão, S. Miguel de Carreira (casou com autorização superior para casar nesta igreja, em 18.10.1908, com Leopoldina da Fonseca, 20 anos, proprietario, natural de barreiro, Silveiros, Barcelos, filha de Joaquim da Fonseca, Silveiros e Maria da Silva e Araujo Vilas Boas, Nine, Famalicão, T. Antonio Augusto da Silva, empregado do Banco de Portugal, fonte, Maximinos e Jose Gonçalves Dias, negociante, praça do conde de S. Joaquim, Sé, casados, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Ferreira, 24 anos, lavrador, quinteiro, Gondizalves, filho de Domingos Ferreira, Gondizalves e Francisca Ribeiro, Semelhe (casou na igreja de Gondizalves, em 24.10.1908, com Maria dos Anjos, 19 anos, quinteiro, Gondizalves, filha de Tiberio Peixoto, Gondizalves e Maria Alvim Vieira Boucela, Maximinos, T. Costodio Ferreira, viuvo, lavrador, rio, Antonio Ferreira, servo da igreja, esperança, ambos Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Jose Carneiro Vilhena Faria Abreu e Lima, 20 anos ‘pai presente’, pintor, S. Eulalia de Rio Covo, Barcelos e morador estação, Maximinos, filho de Luis Antonio Carneiro de Vilhena Abreu e Lima, Rio Covo e Balbina Pereira da Silva, Silveiros, Barcelos (casou em 14.11.1908, com Maria Beatriz Rodrigues, 22 anos, costureira, penedo, Maximinos, filha de Jose Francisco Rodrigues, S. Lazaro e Narcisa Rosa, Maximinos, T. Antonio Martins, casado, servo da igreja, corrente e Jose Joaquim Vaz, sapateiro, penedo, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Mario Antonio da Silva Ribeiro, 21 anos ‘mãe presente que autorizou’, alfaiate, natural S. Lazaro e baptizado Povoa de Varzim, morador crua de pedra, Maximinos, filho de Francisco Jose Ribeiro, Sampaio de Guimarães e Maria Thereza da Silva, S. Lazaro (casou em 24.12.1908, com Esperança Augusta Teixeira, 21 anos, costureira, S. Lazaro, moradora rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Adriano Teixeira Durães, vila Barcelos e Maria Jose, S. Victor, T. Manoel Gonçalves de Castro, casado, empregado na companhia de carris, rua avelino e João Maria Teixeira Durães, solteiro, agenciario, rua cruz de pedra, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Francisco Pereira, 26 anos, zelador municipal, natural rua da ponte, S. Lazaro, filho de Antonio Pereira, Britelo, Celorico de Basto e Maria Joaquina da Costa Pereira, Barreiros, Amares (casou em 27.12.1908, com Maria Jose, 28 anos, costureira, igreja, Maximinos, filha de Manoel Barbosa, Maximinos e Maria Martins, S. Maria de Aveleda, T. Jose Pinto Pereira, ferreiro, largo das latinhas, S. Lazaro, João Domingues Pereira, zelador municipal, rua do charqueiro, S. Victor, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Torcato de Oliveira Ferreira, 21 anos, criado de servir, S. Cosme do Vale, Famalicão, morador falcão, Maximinos, filho de Jose Ferreira e Balbina de Oliveira, S. Cosme do Vale (casou em 4.1.1909, com Emilia da Silva, 21 anos, Lomar, moradora falcão, Maximinos, filha de Domingos da Silva, S. Lazaro e Francisca da Silva, Gondizalves, anexa de Maximinos, T. Francisco Mendes, casado, maleiro, rua capelistas, S. João de Souto e Antonio da Silva, viuvo, jornaleiro, falcão, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Eduardo Ferraz Costa, 64 anos ‘viuvo de Dª Henriqueta Ribeiro da Costa, falecida, Sé, Porto’, capitalista, natural de S. Nicolau, Porto e morador rua Bonjardim, em S. Ildefonso, Porto, filho de João Ferraz Costa, S. Nicolau e Dª Joaquina Ferraz da Conceição Leite, vila, Fafe (casou com autorização superior para o fazer nesta igreja, em 8.2.1909, com Dª Emilia da Graça Pereira Pinto, solteira, 43 anos, S. João Baptista de Covas do Douro, Sabrosa, Lamego e moradora em rua do bonjardim, S. Ildefonso, filha de Jose Caetano Dias e Dª Maria Julia Pereira Lopes, Covas do Douro, T. João Jose de Araujo, Dª Joaquina Teixeira da Silva Araujo, casados, proprietarios, rua conselheiro Januario, S. Victor, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Teixeira, 25 anos, alfaiate, Santa Cruz, Mondim de Basto e morador em falcão, Maximinos, filho de Silvino Teixeira, Santa Cruz, Mondim de Basto e Maria Gonçalves, Canedo, Cabeceiras de Basto (casou em 20.2.1909, com Antonia Correia da Costa, 19 anos, monte de penas, Maximinos, filha de Domingos da Costa e Deolinda da Conceição Correia, Maximinos, T. Geraldino Antonio Correia, solteiro, agenciario, falcão e Gaspar da Costa, casado, pinto, corrente, ambos de Maximinos, celebrou o Padre Jose Evaristo Gomes, Maximinos, com minha autorização)
[Dissolvido por falecimento de 19.1.1965, em Maximinos]
- Francisco da Silva Rebelo, 28 anos, negociante, S. João Baptista de Rio Caldo, Terras de Bouro e moradora louredo, Nª Sª do Rosario de Louredo, Vieira do Minho, filho de Adelino da Silva, Rio Caldo e Maria Joaquina Duarte, ribeiro, Cantelães, Vieira do Minho (casou com autorização superior para o fazer nesta igreja, em 8.4.1909, com Dª Ana Joaquina Rebelo Duarte, 31 anos, solteira, louredo, Louredo, filha de Domingos Antonio de Azevedo e Joaquina Rosa Rebelo, Louredo, Vieira do Minho, T. Jose Marques Dias Mota, casado, proprietario, rua cruz de pedra e Padre Jose Evaristo Gomes, professor, largo de s. pedro, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Justino Gomes Pinto, 20 anos, empregado commercial, natural Santa Ana de Vimieiro e morador S. João de Souto, filho de Francisco da Costa Pinto, Priscos e Thereza Gomes, Vimieiro (casou em 19.5.1909, com Maria da Natividade Macedo Barbosa, 20 anos, penedo, Maximinos e moradora rua do conde de Paçô Vieira, filha de Domingos Vieira, Maximinos e Rosa Peixoto, Frossos, T. João Gomes Pinto, solteiro, negociante, rua do conde de Paçô Vieira, Francisco Gomes Pinto, casado, negociante, morador campo D. Luis I, S. João de Souto, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Gomes Cardoso, 25 anos, Santiago de Priscos e morador S. João de Souto, ambas Braga, filho de Francisco Jose Gomes e Dª Ana Joaquina Ferreira, Priscos, Braga (casou com provisão do Sr. Arcebispo, para casar nesta igreja, em Gualtar, S. Miguel, a 29.5.1909, com Dª Guiomar do Vale Campos Barreto, 41 anos, natural Maximinos, filha de Luis do Vale Campos Barreto e Dª Rita Adelaide do Vale Cunha Reis, Ferreiros, Braga, T. Narciso Barros de Barros Pereira, casado, negociante, Braga e Dª Maria Augusta de Abreu Caldas Bacelar, solteira, irmã da contraente, Padre Antonio Gonçalves Branco, abade)
- Gil Vicente Gomes Dias, 23 anos, proprietario, Real e morador na rua do Caires, Maximinos, filho de Antonio Gomes e Dª Rosa Gomes Dias, Prado, Vila Verde (casou em 10.7.1909, com Dª Maria Augusta do Vale Abreu Caldas Bacelar, 42 anos, solteira, proprietaria, Sé e moradora rua da pedra, Maximinos, filha de Luis do Vale Campos Barreto, Vila dos Arcos de Valdevez e Dª Rita Adelaide do Vale Cunha Reis, S. Ildefonso, Porto ‘nesta cerimonia legitou como verdadeiro filho: Manoel Joaquim, n, 5 e b. Sé 7.4.1906, como filho incognito encontrado em estado de abandono e de presente na sua companhia’, T. Domingos de Faria Barbosa, casado, negociante, rua S. Antonio, Sé Braga e Tomaz de Aquino Correia de Araujo, casado, professor primario, rua do caires, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Cancelado por transcrição 22 de 1916, 23.10.1933]
- Domingos da Silva Carvalho, 41 anos ‘viuvo de Thereza Maria Ventosa, falecida em Maximinos’, zelador municipal, natural de Ferreiros, Braga e morador igreja, Maximinos, filho de Antonio Jose da Silva e Ana Maria de Carvalho, Ferreiros (casou com dispensa por serem parentes em 1º e 2º de afinidade licita, em 13.8.1909, com Maria Ferreira, 23 anos, natural de Santa Ana de Vimieiro e moradora igreja, Maximinos, filha de Manoel Jose Rebelo, Vimieiro e Rosa Ferreira, Celeiros, ambas Braga, T. Antonio Martins, casado, servo desta igreja, corrente, Domingos Xavier, solteiro, pintor, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Carvalho, 23 anos, artista, Salvador de Amares, moradora na rua dos chãos, S. João do Souto, filho de Antonio Maria Carvalho, Salvador Amares e Maria de Carvalho, Prozelo (casou em 16.9.1909, com Rosa do Sacramento, 30 anos, solteira, criada de servir, moradora rua cruz de pedra, Maximinos, filha de Antonio Joaquim da Silva, Sé, Viseu e Ana da Hora, Vila do Conde, T. Eduardo dos Santos, viuvo, industrial, rua dos chãos, Manoel Antonio da Silva, casado, tendeiro, rua cruz de pedra, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Rosa do Sacramento, em 5.4.1953, Sé, Porto]
- Jose Marciano de Araujo, 18 anos, sapateiro, lavrador, souto-chão, Maximinos, filho de Manoel Jose de Araujo, Maximinos e Joana Rosa de Oliveira, S. Martinho de Moure, Vila Verde (casou em 20.10.1909, com Anastacia da Silva, 27 anos, criada de servir, natural de Sequeira e moradora em covas, Maximinos, filha de Francisco da Silva e Maria Fernandes, Sequeira, T. Manoel Jose Boucela de Araujo, viuvo, proprietario, Alberto Jose de Araujo, solteiro, serralheiro, souto-chão, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Marciano de Araujo, em 23.3.1956, Sequeira, Braga]
- Jose Pinto, 23 anos, criado de servir, natural de Semelhe e morador em martim de alem, Martim, Barcelos, filho natural de Maria Pinto, Semelhe (casou na igreja de Gondizalves, em 24.10.1909, com Rosa de Araujo, 25 anos, subida, Gondizalves, filha de Antonio de Araujo e Maria Ferreira, Gondizalves, T. Antonio de Araujo e Jose de Araujo, casados, lavradores, subida, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Pereira Barbosa, 25 anos, lavrador, goja, Frossos, filho de Jose Pereira Barbosa, Real e Rosa Gomes, Frossos (casou em 6.11.1909, com Francisca da Costa, 27 anos, cid, Gondizalves, anexa de Maximinos, filha de Manoel da Costa e Josefa Peixoto, Semelhe, T. Antonio Pereira Barbosa, casado, rua do barco, Real e Francisco Pereira Barbosa, solteiro, goja, Frossos, lavradores, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Joaquim de Sá, 42 anos, solteiro, negociante, natural ribeira, S. Martinho de Lago, Amares, filho de Manoel de Sá e Benta Maria Fernandes, Lago (casou em 13.11.1909, com Francisca da Gloria Fernandes, 23 anos, ribeira, Lago, filha de Manoel Joaquim Rodrigues e Carlota Adelaide da Costa, Lago, T. João Ferreira Junior, negociante, rua boavista, Sé, Braga e Antonio Ferreira, servo da igreja, assento de Gondizalves, casados, Padre Lucio Dias Correia Fanha, paroco de Lago)
- Manoel Jose Afonso Barroso Guerra, 26 anos, estudante, S. Pedro Fins de Pondras, Montalegre e morador rua direita, Maximinos, filho de Antonio Gonçalves Guerra e Benta Afonso Barroso, Pondras, Montalegre (casou em 27.11.1909, com Maria Narcisa da Costa, 54 anos, solteira, proprietaria, rua direita, Maximinos, filha de Antonio Jose da Costa, S. Cosme do Vale, Famalicão e Maria Josefa ou Maria Josefa da Fonseca, Maximinos, T. Padre Artur Azevedo da Costa Campos, rua D. Gualdim, Santiago da Cividade, Padre Manoel Gonçalves Maia, rua D. Frei Caetano Brandão, Sé, Braga, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Miguel Ferreira, 22 anos, caiador, veiga, Maximinos, filho de Jose Joaquim Ferreira, caiador, Maximinos e Rosa Marcelina, Ferreiros, Braga (casou em 18.12.1909, com Thereza Freitas de Carvalho, 21 anos, costureira, falcão, Maximinos, filha de Jose de Carvalho, Sequeira e Maria Joaquina de Freitas, Maximinos, T. Jose Joaquim Ferreira, estucador, casado, veiga, Domingos de Sousa, pintor, solteiro, igreja, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Miguel Ferreira, em 11.3.1967, Maximinos]
- Jose Xavier, 24 anos, sapateiro, rua direita, Maximinos, filho de João Xavier, Maximinos e Maria Ferreira exposta na roda de Barcelos (casou em 25.12.1909, com Ana Angelina Machado, 22 anos, costureira, S. João de Souto e moradora na rua direita, Maximinos, filha de Francisco Machado da Mota e Julia Rosa da Costa, Crespos, T. Manoel Jose Ribeiro, viuvo, rua nova de Sousa, Sé, Braga, Jose de Castro, casado, penedo, Maximinos, sapateiros, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Jose Xavier, em 17.1.1916]
- Manoel da Silva, 22 anos, sapateiro, rua do beco, Maximinos, filho de Jose da Silva, S. Lazaro e Francisca Thereza da Silva, Maximinos (casou em 2.1.1910, com Thereza Conceição Xavier, 22 anos, rua direita, Maximinos, filha de Joaquim Xavier e Thereza Candida, Maximinos, T. Domingos Xavier, solteiro, pintor, rua direita e João Aurelio Bento Gonçalves, casado, alfaiate, rua direita, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose da Costa Faiscas, 32 anos, solteiro, agenciario, natural Tebosa e morador em souto chão, Maximinos, filho de Manoel da Costa Faiscas, Tebosa e Maria Ferreira, Maximinos (casou em 5.1.1910, com Thereza de Araujo, 20 anos ‘pai presente’, souto chão, Maximinos, filha de Manoel Jose de Araujo, Maximinos e Joana Rosa de Oliveira, Moure, Vila Verde, T. Jose Xavier, viuvo, agenciario, Antonio Martins, casado, servo desta igreja, corrente, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Ferreira Mariz, 23 anos, marchante, largo de s. pedro, Maximinos, filho de Jose Ferreira Mariz, S. Andre de Campeans, Vila Real e Francisca Thereza, Maximinos (casou em 7.2.1910, com Luisa Maria da Silva Lopes, 23 anos, rua de s. sebastião, Maximinos, filha de Manoel Jose da Silva Lopes, Sé e Ana da Conceição de Araujo Lopes, Maximinos, T. Joaquim Xavier, barbeiro, rua direita, Antonio Pereira, agenciario, largo de s. pedro, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Manoel Ferreira Mariz, em 17.3.1938, de 6.5.1969]
- João Manoel Gonçalves, 32 anos, solteiro, fogueiro caminhos ferro, morador estação, Maximinos, filho de Francisco Gonçalves, S. Mamede de Este e Costodia Maria Fernandes, S. Lucrecia de Algeriz (casou em 20.2.1910, com Augusta Pereira, 30 anos, solteira, S. Martinho de Campo, S. Tirso, Porto e morador estação, Maximinos, filha de Romão Fernandes, S. Adrião de Covas, Galiza e Maria Pereira, S. Martinho de Campo, Santo Tirso ‘Nesta cerimonia legitimou como seus filhos: Antonio Manoel, n. 20 e b. 22.5.1902, no hospital de Santo Antonio, Poerto, como filho natural de Augusta Pereira; Aurora de Jesus, n. 20 e b. 31.10.1906, no hospital de S. Antonio, estando ambos na sua companhia’, T. Joaquim Vieira, solteiro, limpador de machinas, morador estação, Maximinos, Antonio Martins, casado, servo desta igreja, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Adolfo Ferreira da Silva, 33 anos, solteiro, negociante, S. Jeronimo de Real e morador na rua Costa Gomes, filho de Jose Maria Ferreira da Silva, Panoias e Dª Joaquina de Sousa Coelho e Silva, Real (casou com autorização superior para o fezer nesta igreja, em 6.4.1910, com Dª Maria Luisa Leite de Vasconcelos das Neves Duarte, 27 anos, natural de S. Eufemia de Penela, Coimbra e moradora em Panoias, filha de Tomaz Augusto de Freitas Neves Duarte, Monserrate, Viana do Castelo e Dª Maria Filomena Leite da Cunha e Vasconcelos Duarte, morador na casa da mainha, Panoias, T. Jose Maria Ferreira da Silva, Dª Maria das Dores da Silva Duarte, viuvos, proprietarios, rua costa Gomes, Dr. Antonio Carlos Leite da Cunha e Vasconcelos, casado, medico municipal, Valongo, Porto e Dª Maria Filomena Leite de Vasconcelos das Neves Duarte, viuva, proprietaria mainha, Panoias, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Alberto Pereira da Cruz, 26 anos, farmaceutico, Tadim, morador paredes, S. João Baptista de Rio Caldo, Terras de Bouro, filho de Manoel Justino Pereira da Cruz, Priscos e Dª Joana Carlota da Cruz, Santa Ana de Vimieiro (casou com dispensa por serem parentes em 3º nos duas troncos de consanguinidade e autorização superior para casar nesta igreja, em 14.5.1910, com Dª Amelia da Conceição Braga da Cruz, 24 anos, proprietaria, Maximinos e moradora em rua nova de sousa, Sé, Braga, filha de Jose Antonio da Cruz, proprietario, Vimieiro e Dª Emilia Rosa Braga da Cruz, Tadim, T. Jose Antonio da Cruz, viuvo, proprietario, rua nova de sousa, Sé e Manoel Justino Pereira da Cruz, casado, proprietario, quintães, Tadim, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Alberto Pereira da Cruz, em 21.3.1956, Sé, Braga]
- Domingos Faria, 35 anos, solteiro, lavrador, assento, Lomar, filho de Manoel Faria e Maria Thereza, Lomar (casou em 16.5.1910, com Joaquina do Carmo Peixoto, 36 anos, solteiro, falcão, Maximinos, filha de Antonio Peixoto, Maximinos e Francisca Barbosa, Lomar, T. Manoel Peixoto, casado, falcão, Maximinos e Antonio Faria, solteiro, assento, Lomar, lavradores, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- João Bento Gonçalves Guerra, 24 anos, lavrador, ormelhe, Pondras, Montalegre, filho de Antonio Gonçalves Guerra e Benta Afonso Barros, Pondras, Montalegre (casou com dispensa por serem parentes em 4º de consanguinidade e com autorização superior para casar nesta igreja, em 2.7.1910, com Rosalia Afonso Pereira, 24 anos, natural coimbró, Cerdelo, Boticas, filha de Domingos Afonso e Maria Rosa Fernandes, Cerdelo, Boticas, T. Domingos Afonso, casado, proprietario, coimbró, Cerdelo, Manoel Jose Afonso Barroso Guerra, casado, estudante, rua direita, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Manoel Joaquim Pereira, 21 anos, criado de servir, natural Turiz, Vila Verde e morador veiga, Maximinos, filho natural de Maria Rosa Pereira, Sampaio de Parada, Braga (casou em 7.8.1910, com Maria Martins, 20 anos, jornaleira, Sampaio de Parada e moradora em veiga, Maximinos, filha de Francisco Manoel da Lomba, Sampaio de Parada e Josefa Martins, S. Jeronimo de Real, T. Antonio Martins, casado, sacristão desta igreja e Miguel Macieira, solteiro, jornaleiro, ambos corrente, Maximinos, Padre Jose Evaristo Gomes, Maximinos, de minha autorização)
[Dissolvido por falecimento de Maria Martins, em 5.5.1950, Maximinos]
- Manoel Rodrigues, 20 anos, criado de servir, S. João de Souto e morador covas, Maximinos, filho de Antonio Rodrigues e Antonia Maria, S. João de Souto (casou em 21.8.1910, com Maria da Conceição, 19 anos, criada de servir, natural Lomar e moradora covas, Maximinos, filha de Jose Ferreira e Luis Maria, Lomar, T. Braz Luis da Silva, covas e Antonio Martins, sacristão desta igreja, corrente, casados, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio Jose Veloso, 22 anos ‘viuvo de Mariana Rosa, falecida em Real’, soldado de infantaria, natural de Real e morador campo D. Luis I, S. João de Souto, Braga, filho de Antonio Veloso, Real e Thereza Maria, Maximinos (casou com dispensa por serem parentes em 2º de afinidade licita, em 8.9.1910, com Mariana Rosa Pimenta, 23 anos ‘viuva de Manoel Ferreira da Silva, falecidos em Ferreiros, Braga’, natural hortas, Maximinos, filha de Antonio Pimenta, S. Victor e Francisca de Araujo, Gondinhaços, Vila Verde, T. Antonio Veloso, viuvo, jornaleiro, Real, Antonio Martins, sacristão desta igreja, casado, corrente, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento em 7.5.1950, de Mariana Rosa Pimenta, Maximinos]
- Antonio Pereira, 23 anos, lavrador, covas, Maximinos, filho de Jose Pereira, Arnoso, Famalicão e Ursula Gomes, S. Jeronimo de Real (casou em 15.10.1910, com Rosa Rodrigues, 22 anos, jornaleira, side, Gondizalves, anexa de Maximinos, filha dee João Rodrigues e Maria Rodrigues, Gondizalves, T. Antonio Martins, sacristão desta igreja, corrente, Antonio Joaquim Gomes, proprietario, monte de penas, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Antonio Pereira, em 21.1.1949, Gondizalves]
- Jose Ferreira, 22 anos, criado de servir, Semelhe e morador fontainhas, Gondizalves, filho de Jose Ferreira e Maria Ferreira, Semelhe (casou com dispensa por serem parentes em 3º de consanguinidade, em 16.10.1910, com Maria da Silva, 23 anos, tomada, Gondizalves, filha de Domingos da Silva, Semelhe e Costodia Rodrigues, Gondizalves, T. Jose Ferreira, Jose Barbosa, casados, lavradores, fontainhas, Gondizalves, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Jose Fernandes, 26 anos, pedreiro, muro, Lomar, filho de Antonio Jose Fernandes, Portela das Cabras, Vila Verde e Felicia Maria, S. Victor (casou em 29.10.1910, com Rosa Loureiro, 24 anos, lavradeira, edlo, Maximinos, filha de Antonio Jose Loureiro e Francisca de Araujo, Maximinos, T. Antonio Jose Fernandes, muro, Lomar e Antonio Jose Loureiro, edlo, Maximinos, casados, lavradores, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Joaquim Jose Calheiros, 30 anos, solteiro, tanoeiro, Salvador de Grijó, Gaia, Porto, morador em fonte, Maximinos, filho de Antonio Jose Calheiros e Agostinha de Oliveira, Grijó (casou em 30.10.1910, com Maria da Conceição Vieira, 31 anos, solteira, lavradeira, fonte, Maximinos, filha de Antonio Jose Vieira e Maria Thereza Lopes, Maximinos, T. Antonio Jose Vieira, lavrador, e Jose Vieira, solteiro, empregado comercial, fonte, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Domingos Alves de Campos, 21 anos, caiador, veiga, Maximinos, filho de João de Campos e Maria de Faria, Ferreiros, Braga (casou em 31.10.1910, com Ana Maria Fernandes, 24 anos, jornaleira, S. Martinho de Moure, Vila Verde e moradora em monte de penas, Maximinos, filha natural de Maria Rosa Fernandes, Moure, Vila Verde, T. Antonio Martins, casado, sacristão desta igreja, corrente, Jose Joaquim Vaz, casado, sapateiro, penedo, ambos Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Luis Soares Barbosa, 29 anos, escultor, rua direita, Maximinos, filho de Jose Antonio Soares, Maximinos e Maria do Socorro, S. Lazaro (casou em 17.11.1910, com Dª Cecilia Maria Marcelle Peigné, 22 anos, natural Notre Dame de Chartres, Departement Eurect-Suir, Paris e moradora rua direita, Maximinos, filha de Julio Alexandre Peigné e Ana Leontina LecPere, Chartres, França, T. Jose Antonio Soares Barbosa, escultor, rua direita, Manoel Gonçalves de Castro, empregado na companhia de carris, rua avelino, ambos Maximinos, casados, celebrou o Pasdre Joaquim Manoel Gonçalves, desta cidade por delegação minha)
[Cancelado este assento por estar trascrito com o nº 95, de 1921, 28.10.1933]
- Dr. Abel de Mesquita Guimarães, 31 anos, solteiro, conservador do registo predial da comarca de Montalegre, natural de S. Ildefonso, Porto, baptizado em S. Martinho do Campo, Porto e morador em serrado, S. Maria de Montalegre, filho de Joaquim Bernardino Guimarães, Roriz, Santo Tirso e Dª Julia Adelaide Coimbra de Mesquita, S. Tome de Negrelos, S. Tirso, Porto (casou com licença superior para casar nesta igreja, em 17.12.1910, com Dª Libania Rodrigues Canêdo, 19 anos, pelourinho, vila de Montalegre, filha de Germano Augusto Rodrigues Canêdo e Dª Costodia de Miranda, Viade, ambas de Montalegre, T. Joaquim Bernardino Guimarães, viuvo, proprietario, rua S. Ildefonso, Porto e Dr. Jose Joaquim Alves de Moura, advogado, rua conselheiro Januario, S. Victor, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
[Dissolvido por falecimento de Dª Libania Rodrigues Canêdo, em 30.12.1957, S. Sebastião da Pedreira, Lisboa, em 6.9.1965]
- Domingos Gomes, 29 anos, lavrador, Semelhe, morador real, S. Jeronimo de Real, filho de Jose Gomes, Sampaio de Parada e Maria Martins, Semelhe, ambas Braga (casou com dispensa por serem parentes em 3º de consanguinidade, em 24.12.1910, com Costodia de Araujo, 30 anos, solteira, devesa, Gondizalves, anexa de Maximinos, filha de Francisco Pinto e Maria de Araujo, Gondizalves, T. Antonio Jose Pinto, solteiro, agenciario, devesa, Gondizalves, Francisco Jose da Silva, casado, caiador, corrente, Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)
- Antonio de Maia, 23 anos, criado de servir, natural Balazar, Guimarães e morador em abexim, Maximinos, filho de Jose Maia, S. Cristina de Longos e Thereza Ferreira, ambas de Guimarães (casou em 31.3.1911, com Maria Candida Gomes, 23 anos, jornaleira, covas, Maximinos, filha de Jose Pereira, Arnoso, Famalicão e Ursula Gomes, S. Jeronimo de Real, Braga, T. João Gomes de Carvalho, lavrador, abexim e Inacio Pereira, agenciario, largo de s. pedro, casados, ambos de Maximinos, Padre Antão Jose de Oliveira, abade)

Sem comentários:

Publicar um comentário